Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Pedra cantada

Briga até o final
João Nassif
Por João Nassif 01/04/2019 - 06:52Atualizado em 01/04/2019 - 06:52

O Criciúma conseguiu vencer em Blumenau confirmando sua campanha de ganhar pontos com os pequenos para entregar para os grandes. Dos 21 pontos que conquistou em 16 rodadas, 20 foram contra os times chamados pequenos de Santa Catarina. O Joinville, próximo adversário e definido como grande no estado, dos 20 pontos que conquistou 11 foram contra os grandes. Quer dizer, como eu já havia afirmado um dia desses, o Joinville é um tipo de Robin Hood e o Criciúma um Robin Hood ao contrário que tira dos pobres para entregar aos ricos. Os dois repetiram este roteiro no final de semana. 

EM ABERTO  
Seguindo a tendência exposta aí em cima, o confronto de quarta-feira pode sugerir uma vitória do Joinville aqui no Heriberto Hülse. Apenas tendência, mas como no futebol não há verdade definitiva, não vejo mais o Joinville com forças para continuar sendo Robin Hood. O Criciúma com novo comando e com a possibilidade agora real de classificação certamente com grande torcida irá buscar o resultado esperando o desdobramento da rodada.

DEPENDÊNCIA DE TERCEIROS
Fechei a coluna antes de saber o resultado de Chapecoense e Brusque que fecharam a rodada. O Brusque também tem seus 20 pontos. Mas, independe, o inimigo do Tigre é o Marcílio Dias com dois pontos à frente que jogará na quarta-feira em Itajaí contra o Hercílio Luz. O Criciúma depende do Hercílio vencer para em caso de vitória ultrapassar o Marcílio. Lembrando que na rodada final o Criciúma jogará contra este mesmo Hercílio em Tubarão e o Marcílio irá ao Scarpelli enfrentar o Figueirense já classificado. Está tudo em aberto. 

VAR 
O vídeo arbitragem foi implantado no futebol para dirimir eventuais dúvidas dos árbitros e dar credibilidade aos jogos e campeonatos. É necessário muito preparo para que os que ficam confinados numa cabine examinando as imagens, também árbitros ou profissionais que não se submetem a qualquer tipo de pressão vinda de onde quer que seja. Na Europa, primeiro mundo, há o respeito com as decisões, pois são decisões quase sempre corretas na aplicação do sistema. Pode haver erros, mas nada que fogem do regulamento no uso do equipamento.

VAR SINISTRO
Infelizmente aqui no Brasil existe o ranço da retaliação, autoridades da CBF e Federações ainda condicionam os que ficam operando o sistema ao gosto de quem está mais próximo das entidades ou no mínimo ficam calados com os desmandos cometidos. O que se viu sábado foi o exemplo mais claro de manipulação. O árbitro apitou com convicção um pênalti a favor do Palmeiras, desafeto da Federação Paulista, e o árbitro da cabine parou o jogo, chamando o árbitro de campo para examinar as imagens. O pênalti foi marcado erroneamente, mas pelo regulamento do sistema sua convicção não permite alteração. Não foi o que aconteceu, foi chamado, viu as imagens confirmou seu erro e o pênalti foi anulado. Estamos no Brasil amigos! 

01/04 – “PRISÃO DE MILOSEVIC”
Em 01 de abril de 2001, o então presidente da Iugoslávia Slobodan Milosevic foi preso. Acusado de crimes de guerra e contra a humanidade nos conflitos que envolveram a Bósnia, a Sérvia e Kosovo, Milosevic foi julgado pelo Tribunal Penal Internacional para a antiga Iugoslávia.
 

4oito

Deixe seu comentário