Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Para encerrar

Sem novidades, Lewis Hamilton venceu a última corrida do ano
João Nassif
Por João Nassif 01/12/2019 - 18:45

Thiago Ávila *

A 70ª temporada da Formula se encerrou neste final de semana, com uma corrida morna em Abu Dhabi. As Mercedes, que dominam o circuito desde 2014, mantiveram o controle nesta última corrida.

Os treinos iniciaram com um grande desempenho de Max Verstappen, e chegara ao Q3 como um dos favoritos, ao lado de Hamilton, para conquistar a pole. Com Leclerc sendo atrapalhado por Vettel e mais dois carros, a atrapalhada Ferrari formou a segunda fila do grid. Bottas fez o segundo melhor tempo, mas com uma punição por trocar o motor, largou de último. Por fim, a pole position acabou nas mãos do britânico da Mercedes, sua primeira desde a volta das férias.

No domingo, uma corrida sem nenhum brilho, mas com um grande momento: o duelo entre Leclerc e Verstappen pela segunda colocação. O monegasco largou muito bem e assumiu a segunda vice-liderança, já o holandês quase perdeu posição para Vettel. Recuperado, Max manteve-se seguro no top-3. As Ferraris pararam mais cedo, na volta 12, o holandês parou mais tarde, na 25. Na volta dos boxes, Max foi à caça de Charles e ganhou a posição em uma manobra espetacular, passando um retardatário e o piloto da Ferrari.

Outro destaque vai para a atuação de Vatteri Bottas, que de último foi ultrapassando diversos carros volta a volta até chegar no top-6. Fez uma ótima estratégia, parando apenas na volta 29. Aproveitou que Vettel fez uma segunda parada e ganhou mais uma posição. Na reta final foi excelente ao ultrapassar Alexander Albon e na última volta já estava a menos de um segundo de Charles Leclerc, que não ultrapassou por pouco.

O pódio simbolizou os três grandes nomes da temporada. O melhor de todos Lewis Hamilton, e em seus lados, o talentosíssimo e veloz Max Verstappen e a promessa da Ferrari Charles Leclerc.

Infelizmente, agora teremos de esperar até março do ano que vem para vermos de volta os carros na pista. Vai dar saudade...

* Thiago Ávila, Estudante de Jornalismo da PUCRS
 

4oito

Deixe seu comentário