Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

O último acesso

Almanaque da Bola #415
João Nassif
Por João Nassif 11/09/2019 - 09:53

2012 foi um ano que ficará marcado na história do Criciúma, pois o clube conseguiu pela última vez o acesso para a série A do campeonato brasileiro.

A campanha foi surpreendente, pois o ano começou sem que os torcedores tivessem maiores esperanças devido à má campanha no campeonato estadual e a trágica participação na Copa do Brasil quando foi eliminado na segunda fase pelo Atlético-PR. Os paranaenses venceram no Heriberto Hülse por 2x1 e massacraram por 5x1 no Durival Britto. 

Festa do acesso

Dois técnicos trabalharam o time nas duas competições. Márcio Goiano que havia sido contratado ainda em 2011 e Sílvio Criciúma que sai da base para comandar o time ainda no catarinense e na Copa do Brasil.

Sem participar da fase final do campeonato estadual por ter sido o sétimo colocado, o Criciúma teve um mês de preparação para enfrentar a série B do brasileiro. 

Com Waldeci Rampinelli na direção de futebol e com o executivo Rodrigo Pastana foram contratados o técnico Paulo Comelli e o preparador físico Márcio Correa. Chegaram o zagueiro Matheus Ferraz, o lateral Marlon, os volantes França e Fransérgio, o meia Kléber entre outros e com os remanescentes Nirley, Lucca e Zé Carlos foi formada a base que levou o Criciúma a fazer a grande campanha que culminou com o acesso.

O Criciúma disputou 38 jogos, conseguiu 22 vitórias, 07 empates e 09 derrotas, marcou 78 gols e sofreu 57. De quebra teve Zé Carlos, o Zé do Gol, artilheiro da série B com 27 gols.  
 

4oito

Deixe seu comentário