Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

O Rei da América

Almanaque a Bola #447
João Nassif
Por João Nassif 13/10/2019 - 09:28

A Taça Libertadores da América de 1963, originalmente denominada Copa dos Campeões da América pela CONMEBOL, foi a quarta edição do torneio. Participaram as equipes de 8 países. Não houve representantes da Bolívia e Venezuela.

O torneio teve início em 1960 e nas duas primeiras edições o campeão foi o Peñarol do Uruguai. Quebrando este domínio uruguaio o Santos de Pelé & Cia conquistou o bicampeonato em 1962/1963. 

Santos x Botafogo confronto em 1963

A campanha de 1963 foi realizada de maneira invicta com o Santos derrotando o Boca Juniors na decisão.

O Brasil teve dois representantes na edição de 1963, além do Santos campeão da Libertadores e da Taça Brasil do ano anterior o Botafogo, vice-campeão do torneio brasileiro também disputou a Libertadores.

Na primeira fase o Botafogo ficou em primeiro no seu grupo derrotando o Alianza de Lima e o Millonarios da Colômbia. Peñarol e Boca Juniors foram os vencedores dos outros dois grupos.

O Santos como campeão da edição anterior entrou somente nas semifinais e eliminou o Botafogo depois de empatar em 1x1 no Pacaembu e vencer por 4x0 no Maracanã.

Na outra semifinal o Boca Juniors derrotou o Peñarol com duas vitórias, 2x1 em Montevideo e 1x0 em Buenos Aires. 

Na primeira partida da decisão o Santos derrotou o time argentino por 3x2 no Maracanã perante mais de 63 mil torcedores. No jogo da volta na Bombonera com 50 mil pessoas o time santista venceu por 2x1. Coutinho e Pelé marcaram os gols do bicampeonato do Santos na Libertadores. 
 

4oito

Deixe seu comentário