Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

O pior presidente da história

João Nassif
Por João Nassif 09/01/2021 - 11:17

Estou em minha segunda passagem por Criciúma, no final do mês que vem irei completar 19 anos desde meu retorno. A primeira durou nove, de 1986 até 1995.

Nestes períodos acompanhei de perto a gestão de alguns presidentes e posso avaliar, de acordo com meus conceitos qual foi o pior deles. 

Foto: TripAdvisor

Vou tomar como parâmetro o desempenho dos times, que teve alguns vitoriosos como Moacir Fernandes multi campeão, Dorly Naspolini campeão em 1993 e acesso para a primeira divisão do brasileiro, Antenor Angeloni campeão estadual em 2013 e um acesso para a série A conquistado em 2012. Estes ficaram marcados na história de forma positiva.

Ainda de acordo com minha avaliação, dois foram os piores. Edson “Cascão” Burigo e Jaime Dal Farra. Derrubaram o clube para a série C do campeonato brasileiro. Podem argumentar que em 2005 Moacir Fernandes também foi rebaixado para a terceira divisão. Verdade, mas os títulos que conquistou superam em muito este tropeço.

Edson Burigo pegou um clube em precária situação financeira, teve a seu lado apenas alguns abnegados e não fosse o retorno do Antenor Angeloni, possivelmente o Criciúma teria encerrado seu ciclo no futebol.

Diferente do Cascão, quando Jaime comprou o clube do próprio Antenor ficou a expectativa de uma gestão moderna e profissional no futebol. Foi exatamente o contrário. 

Uma gestão totalmente falida, sem critérios, com contratações que não vingaram, diretores executivos capacitados, técnicos renomados, jogadores que não produziram. Pelos currículos todos estes contratados já prestaram e continuam prestando bons serviços por onde andam.

Se os profissionais que vieram eram capazes o motivo de não produzirem o esperado só pode ser justificado pela péssima gestão no período. Se o patrimônio do clube foi preservado por força de um contrato o futebol e a marca CRICIÚMA EC foi jogada na lata do lixo.

Por isso, Jaime Dal Farra foi, em minha opinião, o pior presidente da história do Criciúma. Que Anselmo Freitas possa resgatar muito do que foi perdido pelo outrora maior clube de Santa Catarina.

4oito

Deixe seu comentário