Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

O Pará teve seu campeão brasileiro

Almanaque da Bola #504
João Nassif
Por João Nassif 09/12/2019 - 09:45

Depois de 1990 a CBF decidiu novamente extinguir a disputa da série C e os clubes que jogariam a quarta edição do campeonato foram todos alinhados na segunda divisão que foi disputada por 64 clubes em 1991.

Desta forma a quarta edição do campeonato brasileiro da série C foi disputada em 1992 com a participação de 31 clubes. A CBF não sabia como resolver o impasse criado em função de ter criado uma Divisão Classificatória que seria uma segunda divisão sem nenhum tipo de subsidio.

Muitos clubes desistiram e a entidade se viu obrigada a criar uma terceira divisão que foi chamada de série B, perceberam a confusão?

Depois de muito ir e vir com relação ao número de participantes, finalmente foram confirmados 31 que disputaram a primeira fase. A Chapecoense foi a única representante de Santa Catarina no campeonato. 

Foram formados sete grupos e somente os primeiros colocados passaram para a fase seguinte. Havia a promessa, não cumprida que os classificados na primeira fase jogariam a Segunda Divisão em 1993.

Os sete classificados na primeira fase foram divididos em dois grupos, um com três e outro com quatro clubes.

Num grupo o primeiro colocado foi o Tuna Luso de Belém do Pará e no outro o Fluminense de Feira de Santana da Bahia.

Prevaleceu a melhor campanha do Tuna Luso em todo campeonato, pois perdeu o primeiro jogo na Bahia por 2x0 e venceu em Belém por 3x1.

Tuna Luso, campeão brasileiro da série C de 1992.
 

4oito

Deixe seu comentário