Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

O milésimo gol

Almanaque da Bola #484
João Nassif
Por João Nassif 19/11/2019 - 15:39

Há exatos 50 anos, no dia 19 de novembro de 1969 o mundo mais uma vez reverenciava Pelé, O Rei do Futebol pelo seu milésimo gol na carreira.

O palco não poderia ser outro a não ser o Maracanã templo do futebol à época o maior estádio do mundo. Além de Pelé entrou para a história o goleiro Andrada do Vasco da Gama que sofreu o gol de pênalti marcado pelo Rei na vitória do Santos por 2x1 perante a presença de mais de 70 mil pessoas. 

Momento do gol 1.000 do Rei

A importância do gol gerou grande polemica entre alguns pesquisadores. O jornalista italiano radicado no Brasil, Thomaz Mazzoni chefe de redação de “A Gazeta Esportiva” tinha um acerco próprio e garantiu que o milésimo gol foi marcado uma semana antes em Recife na goleada do Santos sobre o Santa Cruz por 4x0.

Outros afirmam que o gol 1.000 de Pelé foi marcado no dia 14 de novembro em João Pessoa na Paraíba na vitória do Santos sobre o Botafogo por 3x0 numa partida amistosa.

Enfim, à época o bate-boca entre os jornalistas foi intenso, mas a imprensa mundial consagrou o dia 19 de novembro como a data oficial do milésimo gol de Pelé.

Pelé jogou pelo Santos de setembro de 1956 até outubro de 1974, poucos mais de 18 anos. Do Santos foi para os Estadas Unidos e defendeu a camisa do New York Cosmos de junho de 1975 até outubro de 1977 quando pendurou oficialmente as chuteiras às vésperas de completar 38 anos.

Na carreira entre jogos oficiais e amistosos por clubes e seleção brasileira Pelé jogou 1.363 partidas e marcou o total de 1.282 gols.
 

4oito

Deixe seu comentário