Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

O MENTAL virou bengala

Por João Nassif 29/11/2023 - 09:25

O técnico do Palmeiras Abel Ferreira desde seus primeiros momentos dirigindo o time (final de 2020) usou o polegar de encontro a cabeça para transmitir a seus jogadores que mentalizasse o que foi treinado para ser usado nos jogos.

O gesto foi para que todos priorizassem o MENTAL e não se preocupassem com o entorno.

Virou moda, de lá para cá, lá se vão três anos, o MENTAL tem sido usado com insistência pelos analistas de futebol e até mesmo por técnicos e jogadores.

Como hoje temos dezenas de programas, sejam de informações ou debates, a explicação para o sucesso ou derrotas são justificadas pelo MENTAL. Como se uns fossem mentalmente mais fortes que outros.

O MENTAL tem sido a bengala para quem não consegue justificar suas observações, ficando muito mais fácil afirmar que A tem o MENTAL mais forte que o B.

Sou do tempo em que a conclusão sobre uma partida de futebol era explicada pela superioridade técnica de um time sobre o outro, ou vão me dizer que quando o Santos perdia um jogo o adversário era mentalmente mais forte que o time do Pelé?

Não havia nenhuma desculpa para vitórias ou derrotas, para títulos ou classificações a não ser a qualidade individual ou coletiva dos times.

Mas, é a modernidade, assim como a terminologia mudou em todos os aspectos, hoje é beirada e não ponteiro, o lado do campo virou corredor, os meias viraram atacantes pelo lado e por aí vai. Ah! E tem a nova invenção, a tal saída de três, entre outras.

Podem falar que sou das antigas, realmente sou, mas tenho a felicidade de poder ser do tempo em que o futebol era muito mais simples, sem os gênios atuais que criam termos mais sofisticados para muito vezes camuflar poucos conhecimentos sobre o que o futebol apresenta.

Futebol que aliás é o mesmo de sempre, o que mudou foi o modo da comunicação para os torcedores que certamente não ligam para esta sofisticação. 

Copyright © 2022.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito