Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

O maior massacre numa Copa do Mundo

João Nassif
Por João Nassif 27/10/2018 - 19:01Atualizado em 29/10/2018 - 07:04

Quando se aproxima uma Copa do Mundo um dado histórico que sempre vem à tona é a goleada da Hungria sobre El Salvador por 10x1, a maior goleada registra nos 21 Mundiais já realizados. O jogo foi realizado em Elche na Espanha no dia 15 de junho de 1982.

Se a partida entre Hungria e El Salvador ficou na história como a maior goleada, em 1954 na Suíça aconteceu a partida com o maior número de gols marcados em um único jogo em todas as Copas já realizadas. No dia 26 de junho a Áustria bateu os anfitriões por 7x5.

Estes placares extravagantes não se comparam ao que aconteceu nas eliminatórias da Oceania para a Copa do Mundo de 2002. Em Coffs Harbour na Austrália os donos da casa massacraram a seleção de Samoa Americana por 31x0.

As Eliminatórias da Oceania foi toda disputada em território australiano com cinco seleções atrás de apenas uma vaga que dava direito ao vencedor de disputar a repescagem intercontinental contra uma seleção sul-americana.

Obviamente a Austrália ficou na primeira posição vencendo seus quatro jogos sem sofrer gols e marcando um total de 66. Além da vitória sobre Samoa Americana os australianos venceram Tonga por 22x0, Samoa por 11x0 e tiveram dificuldades para vencer a seleção de Fiji por apenas 2x0. 

Na repescagem a Austrália perdeu a vaga para o Uruguai mesmo tendo vencido o primeiro jogo por 1x0 em Melbourne. Na partida de volta perdeu em Montevidéu por 3x0. 


 

4oito

Deixe seu comentário