Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

O dia em que a guerra parou

Almanaque da Bola #370
João Nassif
Por João Nassif 28/07/2019 - 08:20

O Natal de 1914 ficou marcado na história por um jogo de futebol inusitado que sempre será lembrado como o “Jogo da Trégua”. 

Foi o momento em que os exércitos deixaram as trincheiras da Primeira Guerra Mundial para jogar futebol em pleno front.

Este episódio foi um dos inspiradores do Natal, pois é difícil imaginar soldados correndo atrás de uma bola em uma terra pela qual se matavam. Infelizmente as peladas aconteceram somente em algumas trincheiras e o futebol era um elemento a mais em meio a músicas, cigarros e histórias compartilhadas.

Em uma das trincheiras a história conta que o duelo entre a Alemanha e o Reino Unido foi vencido pelos germânicos por 3x2. Há certeza de momentos de trégua no front Ocidental, como já havia acontecido em momentos anteriores. Eram acordos informais, oportunidade para recuperar feridos, enterrar os mortos e reconstruir proteções.

Um dos militares que viveram o confronto afirmou que foi um momento em que a humanidade prevaleceu sobre a guerra e se apenas os soldados fossem capazes de seguir em frente, talvez aquela trégua marcasse o início do final da guerra.
 

4oito

Deixe seu comentário