Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Natação

Preguiçosos
João Nassif
Por João Nassif 19/03/2019 - 06:57

Depois de alguns anos sem grandes arroubos o presidente Jaime Dal Farra pressionado pela torcida teve que acabar com a choradeira e investir na montagem de uma ótima comissão técnica e tudo indica um plantel qualificado. Quando a água chega no nariz aprender nadar é obrigação.

PEDIDOS ATENDIDOS
Começou o processo de montagem do plantel do Gilson Kleina para a temporada. Em sintonia com João Carlos Maringá o técnico recebeu dois reforços que irão dar opções e mais qualidade ao grupo para enfrentar os desafios que o clube terá pela frente. Wesley e Vinícius, dois jogadores que já passaram pelas mãos do técnico e que irão preencher posições carentes do time. 

TRISTE LEMBRANÇA
O jogador não tem nada com isso, mas Wesley acabou sendo o pivô de uma questão financeira que acabou na justiça. O Palmeiras o contratou em 2012 e como não tinha dinheiro para pagar ao Werder Bremen da Alemanha tentou arrecadar com os torcedores o valor da compra. Não deu certo. O time paulista conseguiu um aval bancário do então presidente do Criciúma, Antenor Angeloni, e repatriou o atleta. Quando venceu o prazo para pagamento o Palmeiras não cumpriu o combinado e o avalista foi à justiça para ser ressarcido. Depois de alguns anos ganhou a questão e o Palmeiras ao invés de pagar usou do recurso possível e penhorou o vínculo do volante Felipe Melo. O mundo é redondo e hoje o atleta está no Criciúma.

O LEVAR VANTAGEM
Faz parte do futebol um time que está fazendo o resultado demorar a reposição da bola na cobrança de lateral, o goleiro demorando para repor a bola em jogo ou bater um tiro de meta, jogador que será substituído desabar no gramado para sair com o auxilio da maca, enfim toda as maneiras possíveis para que a bola fique menos tempo em jogo. São poucos os árbitros que acrescentam o tempo exato em que o matar o tempo foi visível.

ENSINANDO REGRAS
Que os jogadores usem e abusem de expedientes extrajogo até posso relevar, agora não suporto é árbitro fazendo cera. No futebol a falta de educação dos jogadores quando da cobrança de bola parada é comum vermos o agarra-agarra dentro da área em todas ocasiões, seja nas faltas ou nos escanteios. O que fazem os árbitros? Impedem uma cobrança mais rápida, vão até a área como se fossem juízes de boxe quando os lutadores se agarram, explicam que não podem se agarrar e repetem a preleção tantas vezes quantas acontecerem faltas ou escanteios.

MATANDO O TEMPO
Nestas idas e vindas para explicar o que todos já sabem vão deixando o tempo passar sem acréscimos no final. Principalmente quando é jogo grande, tipo clássico. Domingo vi dois deles Avaí e Figueirense e o Grenal. Em Florianópolis apitou o FIFA Bráulio da Silva Machado e em Porto Alegre o também FIFA Anderson Daronco. Os dois cansaram de dar preleção ao invés de punir os mal-educados. Não deram acréscimos pelo tempo perdido com as conversas. 

19/03 – “O IMPÉRIO DO JOGO”
Neste dia, em 1931, O Estado americano de Nevada libera legalmente o jogo. A medida daria origem a formação do complexo de Las Vegas, o mais famoso centro de cassinos do mundo.
 

4oito

Deixe seu comentário