Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Mas, será o Benedito?

Minha coluna de hoje em A TRIBUNA
João Nassif
Por João Nassif 21/12/2018 - 07:35

A frase é da minha avó quando alguém lá de casa fazia alguma coisa errada. Podemos usar a expressão aqui no futebol de Criciúma. Depois da lambança mal explicada quando da não renovação de contrato do técnico Mazola Júnior, agora é o gerente de futebol do Próspera, Célio Rocha, que desmente a diretoria do clube que emitiu uma nota afirmando que a saída foi pelo não acerto financeiro entre as partes. Será o Benedito que virou moda os dirigentes faltarem com a verdade?

COMODISMO
Hoje é dia de eleição no Criciúma EC. Os conselheiros deverão aclamar Jaime Dal Farra, dono da G.A., como presidente do clube por não haver chapa de oposição confirmando o que já era esperado. O conservadorismo sempre foi a postura da maioria do Conselho e mesmo que haja alguém descontente, o deixar como está é histórico. E segue o baile e parem de vir às redes sociais com a #ForaDal Farra. 

QUEM TEM, PÕE
A globalização atingiu de tal maneira o futebol que hoje qualquer país sem nenhuma tradição consegue com muito dinheiro formar bons times com jogadores adquiridos em todas as partes do mundo. A China e o mundo árabe são exemplos melhores acabados na atualidade e quando a “janela” internacional é aberta os negócios envolvem cifras exorbitantes e o baixo clero, satisfeito, trabalha mais para produzir talentos e fazer girar a roda do mercado.

RESPEITO A TODOS
A Europa também tem clubes riquíssimos que saem mundo a fora comprando jovens talentos. E mais, tem um calendário respeitado por todas as Ligas, das maiores às menores e uma Confederação (UEFA) que adapta suas competições às necessidades dos clubes e seleções. São 55 países com sua respectivas Ligas que mantem o cronograma definido pela entidade.

BAGUNÇA TOTAL
Diferente do que é feito no primeiro mundo, a Confederação Sul-Americana (CONMEBOL) vai marcando jogos sob sua responsabilidade sem atentar para a superposição em razão dos jogos de suas filiadas e principalmente com as datas FIFA quando os principais jogadores dos grandes times do continente são convocados para suas respectivas seleções.

REMENDO NO SUBMUNDO
Depois do estrago feito os clubes reclamam e a CONMEBOL tem que rever as tabelas de suas competições. Libertadores, Sul-Americana são competições com tabelas divulgadas a menos de uma semana e já modificadas em razão da superposição de datas. Imaginem a CBF tendo que adaptar seu calendário com estaduais, Copa do Brasil, o Campeonato Brasileiro, além das competições sul-americanas e as datas FIFA. Pior, este ano ainda tem a Copa América que será disputada no Brasil. 

MEMÓRIA
21/12/2002 – “Fórmula do estadual de 2003”
O Conselho Técnico do campeonato catarinense aprovou a tabela da competição que irá começar no dia 22 de janeiro. Serão exatos dois meses de disputa, com término em 22 de março, uma semana antes do início do nacional. Na primeira fase serão dez jogos para cada time em dois turnos que irão classificar três para a fase final. Na outra chave, com times do segundo escalão, a fórmula é a mesma com apenas um time classificado. A final será no formato de um quadrangular, também em turno e returno com pontos corridos. Não haverá em 2003 o jogo final. A fórmula é boa.

4oito

Deixe seu comentário