Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Máquina de gols

Recorde absoluto
João Nassif
Por João Nassif 08/03/2019 - 12:33

O campeonato paulista de 1958 poderia ser um campeonato comum, disputado por 20 equipes por pontos corridos como era comum naqueles tempos.

Tornou-se um dos maiores campeonatos de todos os tempos, pois o Santos de um Pelé ainda nos primórdios da carreira foi campeão marcando o absurdo de 143 gols com a fantástica e inédita média de 3,76 gols por jogo.

Pelé que quando começou o campeonato ainda não era o Rei do Futebol, voltou coroada da Suécia como campeão mundial disputou 30 dos 38 jogos do Santos e marcou 58 gols, quase dois gols por partida.

Na campanha o Santos construiu algumas goleadas que ficaram marcadas na história, ganhou por 10x0 do Nacional de São Paulo, 9x1 no Comercial da capital, 8x1 e 7x1 no Guarani e 8x1 no Ypiranga também de São Paulo, 7x3 no Jabaquara e outras menos extravagantes.

Nos 38 jogos o time da Vila Belmiro ganhou 29, empatou seis e foi derrotado em apenas três oportunidades.

Perdeu para o Noroeste em Bauru por 1x0, para o Taubaté por 3x2 e para a Ferroviária em Araraquara por 2x1.

A defesa levou 40 gols fazendo um saldo de 103 gols.
 

4oito

Deixe seu comentário