Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Mania de perder

João Nassif
Por João Nassif 23/05/2018 - 07:45

O Criciúma fez em Fortaleza contra o líder da série B sua melhor partida na competição. Até podemos repetir o velho chavão: “jogou como nunca e perdeu como sempre”. Ficou novamente escancarada a falta de peças de qualidade para definição e a consequente feitura de gols que poderiam deixar o time numa posição mais confortável no campeonato.

O técnico Mazola Júnior deu ao time uma forma de jogar que privilegiou o setor defensivo, fez uma partida segura e apesar do domínio quase que total no segundo tempo mostrou as dificuldades de sempre para encontrar o caminho do gol. Houve variação no sistema com a boa leitura daquilo que se via em campo e as alterações finalmente se encaixaram dando ao time volume de jogo contra um adversário que aos poucos foi cedendo espaço e perdendo sua condição física.

Foto: clicRBS

Em lances esporádicos o Fortaleza justificou ser o melhor ataque da série B, marcou o primeiro na força aérea de seu artilheiro, Gustavo, e o segundo em total desatenção do zagueiro Fábio Ferreira que reclamou de um lance legal e abandonou a jogada num momento de superioridade de seu time em campo.

Mesmo com a mania de perder neste início de campeonato o jogo de Fortaleza deixou boas perspectivas para o futuro e a possibilidade real do time escapar do rebaixamento. Estou aguardando a partida contra o Avaí para saber se o crescimento técnico é realidade, mesmo porque penso que finalmente irão chegar os reforços necessários para confirmar a evolução vista em Fortaleza. 
 

4oito

Deixe seu comentário