Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Mais um ano perdido

João Nassif
Por João Nassif 18/10/2017 - 10:20

Numa rodada recheada de empates, foram seis, com apenas 16 gols marcados em 10 jogos o Criciúma foi o unido derrotado em casa. Os líderes Internacional e América empataram fora de casa em 0x0, o Ceará venceu o Paraná e trocou de posição com o time paranaense e estes quatro permaneceram no grupo de acesso. O Vila Nova que foi o único vencedor fora de seus domínios encostou no pelotão da frente e se credenciou para disputar vaga na série A.

Falando em Criciúma pela primeira vez o time sofreu duas derrotas seguidas, após as três primeiras rodadas quando foi derrotado em todas sob o comando do técnico Deivid. 

Contra o Vila Nova até pode se encontrar justificativa pela ausência de cinco titulares. Se com o time titular a campanha é apenas regular, imaginem com vários reservas. Tudo em função da completa falta de planejamento que ficou evidente desde o início do ano.

Criciúma 0x1 Vila Nova

Mesmo a troca de comando técnico e de dirigentes a situação não fluiu de forma satisfatória desembocando nesta inédita crise em que o diretor Edson Gaúcho está proibido de frequentar o vestiário e proibido de viajar com os jogadores.

Talvez ainda em função do sonho do acesso o presidente não tenha tomada nenhuma medida para debelar este conflito. Agora sem mais nenhuma chance é hora do Jaime Dal Farra colocar as cartas na mesa.

Esta providencia se faz necessária, pois a temporada está chegando ao final e é fundamental que o clube se prepare para 2018 para que não seja um ano perdido como foi 2017.
 

4oito

Deixe seu comentário