Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Jogo ruim

Minha coluna de hoje em A TRIBUNA
João Nassif
Por João Nassif 28/01/2019 - 07:50Atualizado em 28/01/2019 - 12:25

Mais transpiração e menos inspiração, foi o que se viu ontem no Heriberto Hülse no jogo em que o Criciúma penou para derrotar o lanterna Tubarão que em quatro jogos conquistou apenas um misero pontinho. O Criciúma ainda não esqueceu a receita do Mazola Júnior e novamente ficou levantando bolas na área e mais uma vez sem qualquer aproveitamento. Quando cruzou por baixo surgiu o gol da vitória. O repertorio terá que ser incrementado para evitar tanto sofrimento, principalmente nos jogos dentro de casa.

MANTENDO POSIÇÃO
O campeonato ainda está muito equilibrado, são apenas quatro rodadas e os times ainda estão na busca do ajuste definitivo para as 14 rodadas que ainda faltam para terminar a fase de classificação. O Criciúma mantém a quarta posição e terá no meio de semana outro jogo em casa e poderá subir uma posição desde que o Avaí não vença o Marcílio Dias em Itajaí. Como venho afirmando o importante é não ficar para trás na tabela e aos poucos o Doriva ir colocando os reforços e acertando seu esquema no formato ideal para conseguir ao final brigar pelo título.

QUEM SEGURA?
O Figueirense, atual campeão catarinense está fazendo um início de campeonato espetacular com quatro vitórias sendo o único time com 100% de aproveitamento. Já derrotou dois dos sempre favoritos ao título, Criciúma fora de casa e ontem o Avaí no Scarpelli, mostrando autoridade e o trabalho competente do técnico Hemerson Maria. Está recheado de garotos da base e tem reforços que ainda não adquiriram condições de jogo. Segue forte na busca do bicampeonato.

SIMPLES ASSIM
Empatar na estreia contra o Joinville, mesmo jogando em casa, conquistar outro empate em Tubarão com o Hercílio Luz que faz boa campanha neste início de campeonato e ser derrotado pelo Figueirense jogando no Augusto Bauer foi o suficiente para que o técnico Paulo Baier fosse demitido do comando do Brusque. Se olharmos apenas a campanha veremos que não foi de toda mal, o time tecnicamente é limitado, mas a ânsia por resultados faz com que os dirigentes optem pelo mais fácil. Pena que ainda no início de nova carreira Paulo Baier, campeão da série C com o Próspera seja vítima do futebol de resultados que impera no futebol brasileiro.

FILIAL
Tudo indica que o Fluminense irá se tornar nesta temporada um “puxadinho” do Criciúma. É força de expressão, mas por lá já estão o lateral Marlon e o volante Douglas Moreira, além do zagueiro Matheus Ferraz, importantíssimo na campanha do acesso em 2012. O próximo que deverá se encaminhar para as Laranjeiras é o zagueiro Nino par completar o setor defensivo do time treinado pelo Fernando Diniz. Tem torcedor do Fluminense aqui em Criciúma preocupado com o futuro do time na temporada.  

MEMÓRIA
28/01/2008 – “PREDOMÍNIO DA JUVENTUDE”

Mateus, Uendel, Jean Coral e agora o Jael e o Patrick representam o futuro e fazem do presente a base para este começo fulminante no campeonato catarinense. Claro que a segurança do Zé Carlos, a experiência dos zagueiros, a combatividade do volante Basílio e qualidade do atacante Beto são o suporte ideal para que os garotos possam desenvolver todo seu potencial. E o Leandro Machado trabalha bem a garotada.

4oito

Deixe seu comentário