Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Invictos sem título

Almanaque da Bola #374
João Nassif
Por João Nassif 01/08/2019 - 09:15

O falecido técnico de futebol Cláudio Coutinho classificou a seleção brasileira no Mundial de 1978 como “campeã moral”. Isto porque a seleção não foi derrotada em nenhum dos sete jogos que disputou ficando apenas com o terceiro lugar.

Pelo regulamento daquela Copa do Mundo as 16 seleções classificadas foram divididas em quatro grupos com as duas primeiras de cada grupo passando para a segunda fase.

"Campeã moral" em 1978

Nesta segunda fase as oito seleções voltaram a ser divididas, agora em dois grupos com os primeiros colocados indo para a decisão do título e os segundos colocados disputariam o terceiro lugar.

A seleção brasileira na primeira fase ficou em segundo no seu grupo depois de empatar com a Suécia em 1x1 na estreia. No segundo jogo empatou com a Espanha em 0x0 e na rodada final venceu a seleção da Áustria por 1x0. Os austríacos ficaram na primeira posição, pois venceram seus outros dois adversários.

O Brasil começou a segunda fase vencendo o Peru por 3x0, na segunda rodada empatou com a Argentina em 0x0 e fechou a fase derrotando a Polônia por 3x1. Terminou em segundo lugar para a Argentina que foi a primeira colocada pelo saldo de gols. 

Na decisão do terceiro lugar a seleção brasileira venceu a Itália por 2x1.

A França em 2006 foi outra seleção que terminou invicta o Mundial depois de sete jogos. A diferença com o Brasil de 1978 foi que os franceses foram derrotados pela Itália nos pênaltis na partida final da Copa do Mundo disputada na Alemanha.
 

4oito

Deixe seu comentário