Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Hamilton pode ser campeão já neste domingo, entenda

João Nassif
Por João Nassif 12/11/2020 - 08:25

Thiago Ávila *

A Fórmula 1 retorna a Istambul neste final de semana, para a 14ª etapa da temporada, o GP da Turquia. O circuito está fora do calendário desde 2011 e retornou devido a pandemia do coronavírus, que forçou a categoria a trazer pistas que não estavam previstas.

Felipe Massa é o recordista de vitórias, com 3 triunfos entre 2006 e 2008, incluindo sua primeira vitória na carreira. A pista tem 5.300 metros e 14 curvas, com 58 voltas de prova, e a volta ideal deve ficar em torno de 1m24s.

Lewis Hamilton poderá ser campeão já neste final de semana. São 85 pontos de vantagem sobre Valtteri Bottas, com 104 pontos em disputa. O hexacampeão precisa manter uma margem de pelo menos 78 pontos sobre o finlandês para confirmar o hepta com três provas de antecedência. Para o ‘padrão Hamilton’, a tarefa é simples: terminar à frente de Bottas em qualquer circunstância. Isso ele já vem fazendo há três provas seguidas, e durante o ano inteiro perdeu apenas três vezes. Se Bottas vencer a corrida, Lewis precisa terminar em segundo com a volta mais rápida, e assim encerra todas as chances mínimas do “plano infalível de Valtteri”.

Em situação totalmente oposta, temos Alex Albon. O tailandês não pontua desde o GP da Rússia, quando teve um discreto 10º lugar. Christian Horner, chefe de equipe da Red Bull, já afirmou que Alex precisa mostrar resultados nas últimas corridas se quiser permanecer na equipe para 2021, já que pilotos experientes como Nico Hulkenberg e Sergio Pérez já estão em negociação para pegar o segundo assento na equipe austríaca. 

Não só para permanecer na equipe, mas para continuar na Fórmula 1. Yuki Tsunoda, 3º na Fórmula 2, é um forte candidato para pegar a vaga na AlphaTauri, que seria o único carro disponível para Albon caso não fique na Red Bull. Portanto, essas quatro últimas provas são essenciais para o futuro do tailandês.

* Jornalista

4oito

Deixe seu comentário