Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Gratidão

Copa São Paulo de Futebol Júnior
João Nassif
Por João Nassif 05/01/2019 - 07:38

Por ter perdido na estreia o Criciúma terá hoje pela manhã uma partida decisiva na Copa São Paulo de Futebol Júnior. O adversário, América Mineiro também foi derrotado na primeira rodada, por isso quem perder estará automaticamente eliminado, mesmo faltando uma rodada para fechamento da primeira fase. O Criciúma entrou na competição como convidado de última hora e tem que vencer para justificar o esforço do presidente da Federação Catarinense, Rubens Angelotti, para colocá-lo no torneio. 

CATARINENSES
Duas das outras quatro equipes do estado que disputam o torneio em São Paulo foram muito bem com duas goleadas. Do Avaí sobre a Internacional de Limeira por 7x0 e do Figueirense sobre o CRB de Alagoas por 4x0. Com folga no saldo de gols, para se classificar basta apenas uma vitória simples de cada um nos jogos que faltam. A Chapecoense e Tubarão, à exemplo do Criciúma foram derrotados na abertura e ficam na obrigação de vencer nas próximas rodadas. Vida dura para os três que perderam na abertura do torneio.

JÁ TE VI
O Criciúma está tentando trazer de volta o atacante Lucão que fez ótimo campeonato brasileiro em 2017 quando marcou 10 gols com a camisa do Tigre. Não sou adepto de recontratar jogadores, por melhor que tenham correspondido. Vocês lembram que fui totalmente contra o retorno de ídolos do passado que voltaram no começo de 2018. Uns deram certo, outros não, mas minha opinião é que dificilmente a resposta é a mesma, passados alguns anos. Com Lucão pode ser diferente.

MOTIVOS
Primeiro a idade, Lucão é um jogador de 27 anos e está na plenitude de sua forma física. Segundo, disputou toda a temporada passada e foi um dos artilheiros da série B na campanha do acesso do Goiás. Como terminou o ano em atividade, se recontratado é chegar e jogar, até porque o Criciúma não tem um atacante de área. A dificuldade está na questão salarial. Lucão pede acima do teto da mesma forma que o Goiás e alguns outros pretendentes não se animaram com o salário pedido pelo atleta. Neste contexto sua vinda fica inviável. 

ZICA
Acontece toda hora com todo mundo, mas não é sempre que técnicos de futebol passam por dificuldades cardíacas. Mais raro ainda quando os técnicos são dde primeiro nível e nas últimas semanas dois deles tiveram que fazer procedimentos para resolver seus problemas. Primeiro foi Cuca que depois de uma ameaça de infarto no final de setembro foi submetido à cirurgia no início de dezembro. Agora é a vez do Renato Gaúcho que hoje passará por cirurgia para corrigir uma arritmia, problema que já vem de alguns anos e é algo próprio de atletas.

MEMÓRIA
04/01/2006 – “BALANÇO”

A Federação Catarinense de Futebol divulgou neste início de ano alguns dados referentes a temporada 2005. Foi feito um resumo das competições que envolveram os times profissionais do estado e alguns dados chamam a atenção pelo aspecto negativo. A média de público nas três divisões ficou abaixo da crítica. A série A 1, que envolveu os grandes times catarinenses, não atingiu 3 mil por partida. Alguns podem achar uma boa média se levarmos em consideração que o campeonato é disputado em pleno verão. 


 

4oito

Deixe seu comentário