Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

God Bless Lewis Hamilton

Falta pouco para o pentacampeonato
João Nassif
Por João Nassif 17/09/2018 - 06:55

Thiago Ávila *

Ferrari teoricamente com o melhor desempenho, reinando os últimos treinos, Vettel à 30 pontos de Hamilton com chances claras de voltar à liderança, no campeonato mais disputado dos últimos anos.

O alemão se afobou em Monza e acabou vendo seu adversário disparar ainda mais na frente. Em Singapura a sensação foi a mesma. A Ferrari tem um histórico recente muito bom no circuito, sendo uma das únicas pistas que a Mercedes não tinha total domínio.

Mas se Deus salva a Rainha, Ele também abençoa Lewis Hamilton. Fazendo sessões discretas, o britânico passou com tempos fracos até o Q3. Porém na hora H, o líder do campeonato mostra porque merece o pentacampeonato. Ainda na primeira tentativa, faltando sete minutos para acabar, Hamilton faz uma volta mágica, talvez a mais voadora e importante da carreira, com a marca de 1:36,0, baixando em 1,1s o melhor tempo do Q2. A volta foi tão espetacular que Vertappen, o segundo, foi 0,3s pior. O inconformado Vettel foi apenas o terceiro com 0,6s atrás de seu rival na briga pelo título.

Lewis Hamilson comemorando em Singapura

E como Singapura é um circuito de rua extremamente difícil de ultrapassar, Lewis estava com a vitória na mão desde a largada. E sumiu na frente. Abriu 4s de vantagem sobre Verstappen, que conseguiu tirar depois que Grosjean atrapalhou o inglês, mas logo abriu tudo de novo e terminou a 8 segundos de vantagem. Vettel, fazendo uma péssima estratégia, até chegou a ficar em segundo, mas acabou terminando em terceiro a 39 segundos de Hamilton.

Corrida péssima analisando o Big 6 (seis melhores carros do grid) da F1, sem nenhuma mudança de posição de largada. O que animou a corrida foram as disputas entre Pérez, Sirotkin e Grosjean, que não valeram absolutamente nada. Alonso, o grande destaque do resto, conseguiu por sua McLaren em sétimo.

À 40 pontos na frente, Hamilton já pôs uma mão na taça e, a seis corridas para o fim, só um milagre vai trazer o pentacampeonato para o alemão da Ferrari. E qual lado será iluminado? Seb vai fazer um milagre? Ou Deus vai salvar Hamilton?

* Thiago Ávila, Estudante de Jornalismo da PUCRS

4oito

Deixe seu comentário