Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Futuro incerto

João Nassif
Por João Nassif 02/02/2018 - 10:20Atualizado em 02/02/2018 - 10:24

As limitações financeiras mostram que o Criciúma dificilmente buscará destaque nas competições que terá pela frente em 2018.

Esta falta de recursos ficou escancarada com a não contratação do técnico Argel Fucks, objeto de desejo dos torcedores e a possibilidade de reversão do sofrível quadro técnico atual que em apenas cinco rodadas do campeonato estadual colocou o time na zona do rebaixamento.

Como não existe no mercado outro nome forte para assumir o Tigre, o Argel deve ter percebido a necessidade e imposto como condição tempo de contrato e multa elevada para se garantir em qualquer demissão.

Além da busca de reforços que acrescentariam qualidade o que convenhamos custaria acima dos padrões definidos pelo clube.

Festa do último título do Criciúma-2013 (Foto:Criciúma EC)

Quer dizer, num bom português, a direção do Criciúma não está muito preocupada com o futuro talvez pensando que os adversários no estadual não estão muito acima tecnicamente e mesmo não lutando pelo título o rebaixamento é impensável. Concordo, em nenhum momento trabalho com a possibilidade do time ser rebaixado.

É pouco, mas a modéstia financeira não permite investimentos mais ousados, portanto vamos continuar na mesma choradeira de sempre com o presidente implorando por ajuda para poder fazer um time competitivo.

Como ninguém se habilita a colocar dinheiro no negócio de outro viveremos rodeados de incertezas sobre o futuro do Criciúma.
 

4oito

Deixe seu comentário