Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Faltam 280 dias para o início da Copa do Mundo na Rússia

João Nassif
Por João Nassif 07/09/2017 - 13:15

A seleção brasileira que foi defender o título de bicampeã mundial na Copa da Inglaterra em 1966 foi, sem dúvida a pior seleção brasileira que representou o país num Mundial de futebol.

Foi a que teve o maior tempo de preparação, praticamente três meses e por incrível que possa parecer o técnico Vicente Feola que retornava ao comando convocou 47 para os treinos preparatórios. 

A rivalidade entre cariocas e paulistas que era exacerbada naqueles tempos foi fator decisivo para a dificuldade de se encontrar o grupo ideal que viajaria à Inglaterra.

Carlos Alberto Torres, Ademir da Guia e Dirceu Lopes estavam entre os melhores jogadores em atividade no país e foram simplesmente ignorados pela comissão técnica.

A pressão feita pela imprensa de Rio e São Paulo perturbava ainda mais o ambiente e diariamente surgiam notícias de corte de jogadores agitando ainda mais a concentração da seleção.

Seleção brasileira contra Portugal em 1966
Em pé: Orlando, Manga, Brito, Denílson, Rildo, Fidélis. 
Agachados: Mário Américo (massagista), Jairzinho, Lima, Silva, Pelé, Paraná

Depois de uma série de amistosos no Brasil, menos de um mês para o início do Mundial a seleção partiu para um giro pela Europa com o time ainda indefinido.

Neste giro a seleção brasileira jogou seis partidas em 15 dias contra times e seleções e fez a estreia no Mundial contra a Bulgária em Liverpool.

Venceu os búlgaros, mas foi derrotado por Hungria e Portugal e assim eliminado pela primeira e única vez na história na primeira fase de uma Copa do Mundo.

 

4oito

Deixe seu comentário