Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Faltam 112 dias para o início da Copa do Mundo na Rússia

João Nassif
Por João Nassif 22/02/2018 - 06:52Atualizado em 23/02/2018 - 06:55

Certamente a classificação da Turquia para a Copa do Mundo de 1954 na Suíça foi o episódio mais curioso de todas as eliminatórias disputadas na história.

Como o número de filiados à FIFA era pequeno não havia repescagem e sim confrontos diretos que garantiam vagas nas Copas do Mundo. Um dos confrontos para o Mundial de 1954 era entre Espanha e Turquia.

Os espanhóis eram franco-favoritos, pois possuíam juma das ligas mais poderosas da Europa e venceram em casa o primeiro jogo por 4x1. Na partida da volta em Istanbul os turcos deram o troco e venceram por 2x1. Como saldo de gols não era critério de desempate as duas seleções foram para Roma para o terceiro e decisivo jogo. 

No tempo regulamentar houve empate em 2x2 que prevaleceu na prorrogação. Como não havia decisão por pênaltis e vaga para o Mundial foi decidida no sorteio.

Um garoto, Luigi Franco Gemma de 14 anos, filho de um funcionário do Estádio Olímpico de Roma teve os olhos vendados e diante de uma taça puxou o papelzinho com o nome da Turquia.

O episódio gerou uma revolta na FIFA, mas nada que impediu a seleção turca de participar da Copa. O garoto foi tratado como amuleto e acompanhou a delegação turca na viagem à Suíça.
 

4oito

Deixe seu comentário