Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Europa sempre em maioria

Dois sul-americanos eliminados pela Hungria
João Nassif
Por João Nassif 01/03/2019 - 21:39Atualizado em 02/03/2019 - 09:45

Continuando aqui no Almanaque da Bola a falar um pouco da história das eliminatórias para as Copas do Mundo, chegamos ao Mundial de 1954 que teve a Suíça como país anfitrião.

Aumentou para 45 o número de seleções inscritas, mas somente 33 participaram efetivamente das eliminatórias. Ainda regionalizadas, mas sem a divisão por Confederações, foram formados 13 Grupos, sendo que a única seleção que se classificou sem disputou um jogo sequer foi a seleção húngara que foi à Suíça pela desistência da Polônia.

A Alemanha Ocidental que venceria o Mundial na Suíça enfrentou nas eliminatórias a Noruega e a seleção do Sarre, um país que nunca existiu.

Seleção do Sarre

O Mundial voltou a ter 16 seleções, sendo 12 da Europa, duas da América do Sul, uma da América do Norte, Central e do Caribe e uma da Ásia. A Turquia se classificou eliminando a Espanha, depois de perder o primeiro jogo em Madrid e vencer o segundo em Istambul, no jogo desempate empatou em 2x2 jogando em Roma e conseguiu a classificação no sorteio.

Pela América do Sul participaram Brasil e Uruguai e as duas seleções foram eliminadas pela Hungria, a brasileira nas quartas de final e a uruguaia na semifinal. O Uruguai perdeu para a Áustria a decisão do terceiro lugar.

As eliminatórias para a Copa do Mundo de 1954 tiveram 57 jogos com a marcação de 208 gols.  
 

4oito

Deixe seu comentário