Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Do céu ao inferno

Almanaque da Bola #259
João Nassif
Por João Nassif 08/04/2019 - 13:17

Um dos piores anos do Criciúma na disputado do campeonato brasileiro foi em 2005 quando o time que vinha de um rebaixamento disputou a série B. No ano anterior o Criciúma participou pela segunda vez consecutiva na elite do futebol brasileiro.

O time até que começou bem a temporada ganhando o título no campeonato estadual na disputa final contra o Atlético de Ibirama. Depois de empatar em casa a primeira partida da decisão foi na casa do adversário e ganhou por 1x0.

Vágner Carioca autor do gol do título

A CBF estava num processo de uniformizar o campeonato brasileiro nas duas principais divisões e chegar ao modelo que perdura até hoje com 20 clubes em cada uma delas.

Em 2005 a série B, na qual estava o Criciúma, foi disputada por 22 clubes com regulamento que previa seis rebaixados.

Na primeira fase jogaram todos contra todos em turno único com os oito primeiros decidindo em mata-mata classificação e título.

O Criciúma começou perdendo para o Caxias em Caxias do Sul e na segunda rodada venceu o São Raimundo do Amazonas por 2x0 no Heriberto Hülse.

No final depois de 21 jogos que disputou o Criciúma venceu seis, empatou apenas uma vez e foi derrotado 14 oportunidades. Foi o time que sofreu mais derrotas em toda fase de classificação. Seu ataque marcou 24 gols e a defesa sofreu 45. Com 19 pontos ganhos foi o penúltimo colocado a frente somente do Caxias que somou 16.

Os dois times baianos, Vitória e Bahia, a Anapolina e a União São João de Araras foram os outros rebaixados para a série C em 2006.
 

4oito

Deixe seu comentário