Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Depois do susto, a retomada para o acesso

Almanaque da Bola #510
João Nassif
Por João Nassif 15/12/2019 - 16:05

A fase final do campeonato brasileiro da série C de 2006, um octogonal, foi disputado em turno e returno por pontos corridos com o acesso dos quatro primeiros colocados para a série B em 2007.

Criciúma x Brasil em 2006

Disputaram o octogonal os clubes baianos Vitória e Bahia, o Ferroviário do Ceará, o Treze de Campina Grande na Paraíba, o Ipatinga de Minas Gerais, o Grêmio Barueri de São Paulo, o Brasil de Pelotas e o Criciúma. 

Com quatro jogos por rodada a fase final do campeonato começou no dia 08 de outubro e o Criciúma no primeiro confronto fez 1x0 no Bahia gol de Athos.

Na segunda rodada o Criciúma arrancou um empate em 0x0 contra o Vitória em Salvador e na seguinte foi derrotado pelo Ipatinga por 2x1 no Heriberto Hülse. O gol foi do Beto Cachoeira.

Depois de um início de octogonal equilibrado o Criciúma engatou uma sequência de quatro vitórias para terminar o primeiro turno na vice-liderança.

Com dois gols de Douglas venceu o Grêmio Barueri por 2x1 no Jaime Cintra em Jundiaí. Foi à Fortaleza e derrotou no Presidente Vargas o Ferroviário também por 2x1 com os dois gols marcados por Marcelo Rosa.

Na sequência fez dois jogos em casa e venceu ambos por 1x0. Primeiro o Brasil de Pelotas com gol de Cláudio Luiz e depois o Treze de Campina Grande com gol de Dejair.

O Ipatinga terminou o turno na liderança com 18 pontos, o Criciúma em segundo com 16, o Grêmio Barueri em terceiro com 12 e o Treze com 10, eram os que ficaram na zona de acesso depois de cumpridas sete rodadas. Vitória, Bahia e Ferroviário fizeram sete pontos e o Brasil ficou na lanterna com apenas quatro pontos.

Amanhã completarei a fase final do octogonal do campeonato brasileiro da série C e os classificados para a segunda divisão em 2007.
 

4oito

Deixe seu comentário