Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Criciúma EC e o fake news

Incertezas sobre o futuro do Criciúma EC
João Nassif
Por João Nassif 03/06/2020 - 22:10Atualizado em 03/06/2020 - 22:14

Ontem circulou pelas redes sociais a renúncia do presidente Jaime Dal Farra que gerou especulações sobre a sucessão, inclusive já com nomes que comporiam a nova diretoria. FAKE NEWS que é a expresso da moda.

Durante o dia desmentidos que acalmaram os especuladores e vida que segue até a data anunciada pelo próprio Jaime para o rompimento do contrato.

E não poderia ser de outra forma. Não teria cabimento um novo presidente do clube tendo a G.A. ainda no comando do futebol. Além do mais teria que haver de imediato o rompimento do contrato de parceria, pois o próprio Jaime não aceitaria ter alguém no clube com a caneta para autorizar toda e qualquer transação que viria a acontecer, inclusive venda de jogadores.

Somente um movimento até agora é de domínio público. O projeto do ex-presidente Moacir Fernandes que sugere tipo um fundo de investimento com cotas de múltiplos valores que formariam um caixa para alavancar o clube pós Jaime Dal Farra.

Lembrando que o clube ficará zerado, sem dívidas e também sem jogadores, quer dizer recomeçaria do zero.

Mas, como já afirmei não será fácil encontrar que estará disposto a participar neste modelo de investimento. Para construir toda estrutura necessária para que o Criciúma volte a disputar em alto nível o custo será alto, mesmo que no início não se busque conquistas, mas mesmo assim os custos serão altos e a economia pós pandemia não estará no mesmo nível de antes.

Por isso, infelizmente o futuro do nosso glorioso Criciúma EC é incerto.
 

4oito

Deixe seu comentário