Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Começo de uma rivalidade

Há quase 100 anos
João Nassif
Por João Nassif 09/12/2018 - 12:54

Um incidente em 1920 deu início à grande rivalidade entre Brasil e Argentina que perdura até nos dias de hoje.

O estopim foi a partida amistosa marcada para o dia 06 de outubro no Campo do Barracas em Buenos Aires.

Na véspera um jornal argentino publicou um desenho da seleção brasileira como macacos e alguns jogadores se recusarem a entrar em campo e a partida foi iniciada com a equipe brasileira integrada por apenas sete jogadores e completada por quatro argentinos.

Campo já demolido

O público argentino presente no Campo protestou contra os reforços argentinos e a partida foi disputado com apenas sete jogadores de cada lado.

Por esse motivo, muitas publicações não consideram como oficial o jogo de 06 de outubro de 1920.

Osvaldo Gomes que ainda jogava pelo Fluminense estava com a delegação brasileira apenas como dirigente e entrou em campo para completar o time brasileiro.

O jogo com sete para cada lado terminou com a vitória dos argentinos por 3x1. O gol brasileiro foi marcado pelo atacante Castelhano. 

Apesar do nome, Castelhano era brasileiro nascido na cidade gaúcha de Santana do Livramento. Seu nome Cipriano Nunes da Silveira. Como tinha sotaque de quem morava em Rivera no Uruguai ganhou o apelido de Castelhano.

Na época do amistoso em Buenos Aires, Castelhano jogava pelo Santos o segundo time de sua carreira. Ele que começou no 14 de julho de sua terra natal. 

4oito

Deixe seu comentário