Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Começa outro desafio

Surpresa nos maiores do mundo
João Nassif
Por João Nassif 13/02/2019 - 07:28

Todo ano a cada início de Copa do Brasil lembramos a conquista do Criciúma em 1991. Bons tempos que dificilmente serão repetidos, mas de qualquer forma sempre fica a expectativa de uma participação digna pelo passado vitorioso. Hoje um novo início, desta feita em Santarém no interior do Pará. Pelo desconhecimento do adversário, olhando apenas a campanha no campeonato paraense onde o São Raimundo vai de mal a pior podemos afirmar que o Criciúma tem todas condições de passar de fase ainda mais que o regulamento é favorável, um simples empate basta para a classificação.   

SOLITÁRIO
A revista francesa France Football, uma de maior prestígio no mundo do futebol, trouxe agora em fevereiro um ranking dos maiores clubes do planeta. São vários critérios para este ranking ser apurado, inclusive um critério subjetivo que é a mística das equipes. Somente um brasileiro, o Santos FC aparece na lista dos 30 maiores clubes do mundo. O Santos é o 27º empatado com o Galatasaray da Turquia, Independiente da Argentina e América do México. Pelos critérios os três têm 18 pontos. O primeiro no ranking é o Real Madrid com 184 pontos seguido pelo Barcelona com 177.

PRIMEIRA GRANDE DECISÃO
Hoje um dos times que mais investiu em 2019 no futebol brasileiro terá sua grande prova de fogo. O São Paulo que contratou entre outros o goleiro Tiago Volpi e o atacante Pablo, além de ter repatriado novamente o meia Hernanes foi derrotado no jogo de ida em Córdoba por 2x0 pelo Talleres e hoje precisa vencer por três gols de diferença para avançar na Copa Libertadores. Missão duríssima, nem tanto pelo adversário, mas pelo momento que o time está vivendo na temporada.

ÚNICO VIRGEM
A Venezuela é o único país da América do Sul que não conseguiu disputar uma única Copa do Mundo. Participou pela primeira vez das eliminatórias em 1966 e de lá até agora tentou em todas elas sem alcançar o sonho de disputar uma fase final de um Mundial. Os venezuelanos jogaram 140 partidas valendo pelas eliminatórias com 25 vitórias, 25 empates e 90 derrotas. Marcaram 120 gols e sofreram 314.

POUCAS PRESENÇAS
Dos 10 países que compõe a CONMEBOL (Confederação Sul-Americana de Futebol) os que estiveram menos vezes em Mundiais são o Equador e a Bolívia. Os dois participaram em três das 21 Copas do Mundo que já foram realizadas. Os bolivianos nas três vezes foram eliminados ainda na primeira fase, em 1930, 1950 e 1994. No total fizeram seis jogos com um empate e cinco derrotas, marcaram apenas um gol e sofreram 20. Já o Equador que participou das Copas de 2002, 2006 e 2014, somente em 2006 ultrapassou a primeira fase chegando às oitavas de final. Realizou 10 jogos com quatro vitórias, um empate e cinco derrotas, marcou 10 gols e sofreu 11.

MEMÓRIA
13/02/2006 – “RECOMEÇO”

Já deu para ver que o Criciúma tem um bom time, mas não tem plantel. Este bom time supera a fragilidade dos laterais. Os três ontem foram de fazer chorar. E na Copa do Brasil, temos que rezar para que nenhum titular fique de fora. Com Fabiano, Márcio Alemão, Luciano, Leandro Guerreiro, Athos, Marcelo Rosa, Delmer e Dejair, o Criciúma poderá chegar longe na disputa
 

4oito

Deixe seu comentário