Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Clubes perdidos na história

Almanaque da Bola #481
João Nassif
Por João Nassif 16/11/2019 - 19:15

Desde sempre os clubes do futebol brasileiro mostram descontentamento com a CBF, mas falta entendimento entre eles, além da coragem para uma ruptura com o poder central do esporte no país.

Há mais de 30 anos os maiores clubes tiveram a iniciática de formar uma associação que pudesse ter vida própria e organizar as competições como acontece, por exemplo, na Inglaterra onde os clubes fundaram a Premier League com resultados fantásticos financeiramente e que concentram muitos dos maiores craques do planeta.

O Clube dos 13 fundado em 1987 depois da CBF declarar que não poderia organizar o campeonato brasileiro daquele ano por falta de verbas.  

Os presidentes do São Paulo, Carlos Miguel Aidar e do Flamengo, Márcio Braga entenderam que era hora de unir os principais clubes brasileiros em torno de uma entidade que pudesse não só organizar o campeonato, mas também representar os interesses das agremiações.

Uma reunião no dia 11 de julho de 1987 num salão dentro do Estádio do Morumbi surgiu o Clube dos 13. Os fundadores foram os quatro grandes de São Paulo, São Paulo, Palmeiras, Corinthians e Santos, os quatro do Rio de Janeiro, Flamengo, Vasco da Gama, Fluminense e Botafogo, os mineiros Cruzeiro e Atlético, os gaúchos Grêmio e Internacional, além do Bahia representante do Nordeste.

Apenas o campeonato de 1987 foi organizado pela nova entidade, em 1988 a CBF reassumiu o comando e aos poucos, com muitas desavenças motivadas pelos interesses de cada sócio o Clube dos 13 foi perdendo força até usa extinção em fevereiro de 2011.

Foi perdida a grande chance de uma guinada total no futebol brasileiro.
 

Tags: Clube dos 13 CBF

4oito

Deixe seu comentário