Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Clubes da Europa não aceitam ceder jogadores para seleções sul-americanas

João Nassif
Por João Nassif 26/08/2021 - 07:30Atualizado em 26/08/2021 - 08:12

O campeonatos europeus param nas datas FIFA e os clubes não sofrem com a convocação de seus jogadores para que possam atuar por seus respectivos países.

Diferente do que acontece aqui no Brasil com a CBF quando muito remaneja alguns jogos para que o prejuízo dos times com jogadores convocados seja minimizado.

Mas, agora a situação ficou complicada devido o fato dos clubes das principais Ligas europeias se negarem a liberar seus jogadores. O movimento de impedimento foi encabeçado pela Premier League sob alegação da quarentena de isolamento de 10 dias exigida pelo Reino Unido de todos que retornem de países na chamada “zona vermelha” que inclui 60 países entre eles todos da América do Sul.

Seguindo a Premier League, a La Liga espanhola e a Série A italiana também se posicionou a favor dos clubes que decidiram não ceder atletas convocados para as seleções de país da África e América do Sul.

A CBF ainda tenta liberar seus convocados junto às Ligas da Europa com auxílio da FIFA que interveio neste impasse. As negociações com as Ligas espanhola e italiana podem evoluir favoravelmente, com prazo para liberação ou não até hoje, pois a chegada dos jogadores convocados está prevista para o próximo domingo.

Caso a negociação não seja favorável e os clubes realmente se negarem a ceder seus jogadores, certamente pela primeira vez teremos a seleção do Tite jogando eliminatórias para um Mundial composta na maioria por jogadores atuando no futebol brasileiro.

Dos 25 convocados para os três jogos do mês de setembro pelas eliminatórias, cinco atuam no Brasil, nove na Inglaterra, quatro na França, dois na Itália, dois na Espanha, um em Portugal, Alemanha e Rússia. 
 

4oito

Deixe seu comentário