Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Champions na TV

Histórico no Brasil
João Nassif
Por João Nassif 20/02/2019 - 12:29

A transmissão da Liga dos Campeões da UEFA começou de maneira tímida no Brasil. Uma vez que, nos anos 70, a Embratel chegasse a disponibilizar sinal de satélite para transmissões da competição, nenhuma emissora de TV na época solicitou à empresa estatal autorização para exibir as partidas devido à então baixa popularidade do certame no país. 

Coube a TVS do Rio de Janeiro, de propriedade do empresário Silvio Santos, realizar a primeira exibição da história da televisão brasileira de uma partida da Champions em maio de 1979: o jogo da final entre Nottingham Forest e Malmö foi mostrado na grade do canal em videotape as 19h30m do horário de Brasília no dia 30 de maio daquele ano. 

A primeira transmissão ao vivo de uma partida da UEFA Champions League na TV brasileira só ocorreu em 1984, quando a Rede Globo exibiu às 15h (horário de Brasília) do dia 30 de maio a final do torneio daquele ano entre Liverpool da Inglaterra e Roma da Itália. 

Desde então, a emissora carioca passou a exibir todas as finais da competição até o ano de 1995, quando decidiu não adquirir mais os direitos de exibição do torneio. 

Após a desistência da Globo, outros canais começaram a transmitir partidas da Champions naquela década, como a TV Cultura e a extinta Rede Manchete. 

A partir daí diversas emissoras transmitiram o torneio, tanto na TV aberta quanto na fechada e a audiência teve um aumento considerável pelo apelo da competição que reúne os principais clubes e jogadores do planeta. A Globo, por exemplo, começou a transmitir a competição a partir das oitavas de final da temporada 2016/2017.

A Turner do Brasil por meio dos canais TNT, Space e portal Esporte Interativo Plus renovou por mais três temporadas a exclusividade de transmissão pela televisão paga. Seu contrato vai até a temporada 2020/2021.

A novidade fica para a transmissão aberta que deixa a televisão tradicional, Globo e Bandeirantes e migra para o Facebook, cujas transmissões ficam a cargo da equipe do Esporte Interativo. 
 

4oito

Deixe seu comentário