Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Campeão no tapetão

Almanaque da Bola #302
João Nassif
Por João Nassif 21/05/2019 - 15:25Atualizado em 22/05/2019 - 15:28

O campeonato catarinense de 1978 começou no dia 16 de abril com 16 clubes e terminou em campo em meados de dezembro. O campeonato foi parar no STJD e somente depois de quatro meses é que foi proclamado o campeão.

A fase final era um hexagonal e Joinville e Chapecoense brigavam pelo título até que no dia 06 de dezembro em jogo valendo pelo segundo turno do hexagonal o Joinville derrotou o Avaí por 1x0 com um gol de pênalti. O Avaí contestou a marcação e abandonou o campeonato.

Com o abandono o Avaí não enfrentou a Chapecoense que considerou os pontos do jogo e com estes pontos se proclamou campeã. O regulamento no artigo 50 que tratava do assunto não esclarecia o que acontecia com os pontos que o Avaí ainda tinha que disputar.

O Joinville terminou na primeira colocação sem que fosse considerados os pontos ganhos pela Chapecoense na partida que não aconteceu contra o Avaí.

Por isso o caso foi parar no STJD que depois de quatro meses de disputa considerou o Joinville campeão estadual de 1978. Foi uma vitória do advogado do time da Manchester Catarinense, Waldomiro Falcão, à época um dos maiores especialistas em direito esportivo e com grande trânsito pelo STJD.

A Chapecoense não tinha um advogado de tamanha envergadura, por isso não ficou com o bicampeonato, pois havia sido campeã estadual no ano anterior.

Como lembrança, 1978 foi o primeiro campeonato disputado pelo Criciúma depois que sucedeu o Comerciário, terminando a competição na terceira colocação.   
 

4oito

Deixe seu comentário