Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

BRIGA DE FOICE

Minha coluna de hoje em A TRIBUNA
João Nassif
Por João Nassif 02/02/2019 - 19:17Atualizado em 02/02/2019 - 19:20

Avaí e Criciúma que se enfrentarão domingo correm sérios riscos de terminarem a rodada 6 fora do G-4, atropelados por times do baixo clero que estão fazendo boas campanhas. Na hipótese de vitória do Marcílio Dias sobre o Metropolitano e do Brusque sobre o Tubarão, se houver um empate na Ressacada Marcílio dias e Brusque entrarão na zona de classificação desalojando o Avaí e deixando o Criciúma ainda mais da semifinal.

MARCA PASSO INICIAL
Alguns times entre os chamados grandes do futebol brasileiro começaram a temporada de forma a deixar dúvidas em relação ao futuro. Por causa de uma pré-temporada mais curta, sem tempo de uma preparação mais adequada, em alguns dos estaduais mais importantes do país vemos que times com potencial de título estão jogando muito abaixo da expectativa. São tidos como gigantes em seus estados e também no país, uns com grande potencial de investimento, outros nem tanto, mas com muitas boas histórias no futebol brasileiro.

PAULISTAS
O São Paulo que foi ao mercado com dinheiro da venda de alguns jogadores formados no próprio clube, investiu forte e ainda não conseguiu decolar no campeonato como era previsto. O Corinthians que trouxe de volta o técnico Fábio Carille é outro que fez boas contratações, mas ainda sofre com a falta de maior entrosamento e encaixe dos novos reforços. O primeiro está com apenas 50% e o segundo com 33% de aproveitamento.

CARIOCAS 
No Rio de Janeiro a decepção é o Botafogo que após quatro rodadas é o último colocado em seu grupo com apenas um ponto e sem mais chances de disputar as semifinais da Taça Guanabara. Tem que abrir os olhos pelo risco de rebaixamento.

GAÚCHOS
Em no Rio Grande do Sul a campanha do Internacional é mais que vexatória. Somente quatro pontos conquistados em quatro jogos colocou o time na sétima colocação numa tabela que classifica oito times para as disputas finais. Claro que a história na sua totalidade mostra que dificilmente um dos grandes gaúchos fiquem de fora dos mata-mata, mas começar desta forma um time que até quase o final brigou pelo título do brasileiro do ano passado é no mínimo preocupante.

REBAIXADOS
O campeonato cearense deste ano começou no dia 05 de janeiro e antes de terminar o mês dois clubes foram rebaixados. Na primeira fase oito clubes estavam envolvidos sem os que disputam a Copa do Nordeste e depois de sete rodadas Iguatu e Guarani de Juazeiro ficaram nas duas últimas posições e caíram para a série B. É fantástico o  futebol brasileiro com a CBF atendendo as Federações insistem num modelo de calendário que resulta em times profissionais modestos do interior do Brasil formar plantel para disputar uma competição oficial em menos de 30 dias. 

MEMÓRIA
02/02/2008 ¬– “E DÁ-LHE ÁGUA”

A chuva nesta semana, às vésperas do carnaval, além de prejudicar aqueles que procuram o litoral catarinense também atrapalha os planos das equipes que estão engalfinhadas no campeonato estadual e têm compromisso no domingo quando acontecerá a sexta rodada da competição. Os treinos e deslocamentos estão prejudicados e a própria presença de público nos estádios está comprometida. Mesmo que hoje haja uma melhora do tempo, de acordo com as previsões, os planos estão traçados e dificilmente haverá movimentação de torcedores para acompanhar seus times preferidos. 


 

4oito

Deixe seu comentário