Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Brasil dominando a Libertadores na década de 1990

Almanaque da Bola #632
João Nassif
Por João Nassif 15/04/2020 - 08:58

A Taça Libertadores da América que em 2020 está na 61ª edição mostra os clubes argentinos como os maiores vencedores. Com a vitória do River Plate em 2018 os clubes argentinos acumularam um total 25 títulos.

O Independiente é o maior vencedor da Libertadores com sete conquistas, seguido pelo Boca Juniors que venceu a competição em seis oportunidades. 

Independiente de 1972-campeão da Libertadores

O segundo país cujos representante mais venceram a Libertadores é o Brasil que acumula um total de 19 títulos.

Santos, Grêmio e São Paulo são os maiores vencedores com três títulos cada um.

Cruzeiro, Internacional e Flamengo venceram a competição em duas oportunidades cada um, enquanto Vasco da Gama, Palmeiras, Corinthians e Atlético Mineiro foram campeões apenas uma vez.

O futebol brasileiro dominou a competição na década de 1990. Nas 10 Libertadores disputas entre 1991 e 2000 os clubes brasileiros venceram seis edições.

A década começou com o Colo Colo do Chile vencendo em 1991. Em 1992 e 1993 o São Paulo foi bicampeão, o argentino Velez Sarsfield venceu em 1994, o Grêmio foi o campeão de 1995. 

Depois do River Plate ter sido o vencedor em 1996 o futebol brasileiro conquistou três títulos seguidos: Cruzeiro em 1997, Vasco em 1998 e o Palmeiras em 1999. 

A sequência foi quebrada no ano 2000 com o título do Boca Juniors que derrotou na final o Palmeiras numa decisão por pênaltis. 

Foi a década de 1990 a mais vitoriosa do futebol brasileiro em se tratando de Taça Libertadores da América.
 

4oito

Deixe seu comentário