Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Benfica quebrou a hegemonia do Real Madrid

Almanaque da Bola #459
João Nassif
Por João Nassif 25/10/2019 - 09:50

A sexta edição da Taça do Campeões Europeus de Futebol correspondendo à temporada 1960/1961 foi disputada por 27 clubes, inclusive com o Real Madrid campeão da edição anterior. O desafio de 26 times era superar o Real Madrid campeão de todas as edições disputadas até então.

Wankdorf Stadium em Berna-Suíça

O destaque da fase preliminar foi o Stade Reims da França que havia disputado duas das cinco finais do torneio. O time francês eliminou o Jeunesse Esch de Luxemburgo com duas goleadas, 6x1 na França e 5x0 em Luxemburgo.

Na primeira fase da Taça o Real Madrid que participou como campeão da edição anterior enfrentou o Barcelona, campeão espanhol. Depois de empate em 2x2 no primeiro jogo em Madrid o pentacampeão foi eliminado pelo seu maior rival com a derrota por 2x1 no Camp Nou.

Numa das semifinais o Benfica de Portugal eliminou o Rapid Wien com vitória por 3x0 em Lisboa e empate de 1x1 na Áustria. Na outra semifinal o Barcelona se classificou ao vencer em casa o Hamburgo da Alemanha por 1x0 e mesmo derrotado na Alemanha por 2x1, foi para a final por ter feito um gol fora casa.

A final da Taça dos Campeões de Futebol da Europa na temporada 1960/1961 foi jogado no Wankdorf Stadium em Berna na Suíça no dia 31 de maio de 1961.

O Benfica que foi base da seleção portuguesa que disputou em 1966 pela primeira vez uma Copa do Mundo venceu o Barcelona por 3x2 e quebrou a hegemonia do Real Madrid conquistando o torneio pela primeira vez.

Com o título o Benfica se credenciou para disputar a segunda edição da Copa Intercontinental com o Peñarol do Uruguai, bicampeão da Taça Libertadores da América.  
 

4oito

Deixe seu comentário