Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

BARCA Nº 1

João Nassif
Por João Nassif 24/10/2017 - 11:54

Deverá ser formado um comboio de barcos carregando jogadores do Criciúma neste final de temporada.

O primeiro barco está de partida carregando quatro que não conseguiram justificar suas contratações. Pena que no futebol as imagens dos jogadores ficam prejudicadas. Os dirigentes não têm nenhum escrúpulo em contratar atletas com limitações técnicas e assim não conseguem contribuir de forma efetiva para um melhor desempenho do time.

Quantos e quantos jogadores nestas condições, centenas deles, vieram para o Criciúma e foram embarcados sem nenhuma contestação por parte dos torcedores e de nós próprios da imprensa.

Tudo está baseado em planejamento e gestão. Quando se define um grupo usando a base e contratando pontualmente por quem conhece o oficio o objetivo é alcançado. Lembram-se de 2012? Rodrigo Pastana, diretor executivo de muita competência formou um grupo pequeno e que foi destaque na campanha do acesso. Tinha o respaldo da diretoria, teve entrosamento com Waldeci Rampinelli, diretor não remunerado e com o comando técnico do Paulo Comelli.

A temporada está chegando ao fim e o desmanche deverá ser grande, inclusive com alguns titulares que entraram em choque com o ainda diretor Edson Gaúcho. Digo ainda porque ontem no programa Dentro da Área da TV Litoral o Edson disse que tem contrato até 30 de novembro e o futuro é incerto. 
 

4oito

Deixe seu comentário