Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Balanço das quartas de final

Classificados na Copa do Brasil
João Nassif
Por João Nassif 18/07/2019 - 10:13Atualizado em 18/07/2019 - 10:14

Foi uma quarta-feira alucinante de alto teor de adrenalina com as partidas de volta das quartas de final da Copa do Brasil.

Novamente os jogos foram cercados de polêmica com o VAR sendo decisivo num lance capital, mas mesmo com erro de arbitragem num dos jogos os resultados finais fizeram justiça pelo que os classificados jogaram dentro ou fora de casa. 

No início da noite depois de um empate em seus domínios o Grêmio foi a Salvador buscar classificação para mais uma final do torneio. Fez 1x0, teve um pênalti marcado a favor que depois de consultar o VAR o árbitro reverteu e expulsou o jogador do Bahia. Marcações acertadas e o Grêmio classificado.

Em Belo Horizonte, ainda no primeiro horário das partidas o Atlético-MG quase conseguiu empatar a decisão depois de ter tomado 3x0 no jogo de ida. Depois de fazer 1x0 conseguiu o segundo gol nos acréscimos, sem tempo para empatar o confronto e viu o Cruzeiro passar em busca de mais um título da Copa do Brasil.

No Maracanã o cheirinho foi reabilitado. Depois dos 6x1 no Goiás e com novo técnico já idolatrado pela torcida o Flamengo foi em busca da vitória depois de empatar o primeiro jogo em Curitiba. Saiu na frente, tomou o empate e não teve forças para evitar a decisão por pênaltis. Resultado, perdeu três cobranças e frustrou os quase 70 mil torcedores que lotaram o Maracanã. O Athletico Paranaense foi para a semifinal.

E finalmente o jogo no Beira Rio. Aí o grave erro da arbitragem que anulou o gol que daria a classificação ao Internacional ainda no tempo regulamentar. O Inter fez 1x0 no primeiro tempo empatando o confronto, pois o Palmeiras havia vencido em São Paulo. No final da segunda etapa depois da cobrança de um escanteio o gol de cabeça do zagueiro que inexplicavelmente o VAR chamou o árbitro que anulou o gol legitimo. Nos pênaltis a justiça foi feita com a classificação do time gaúcho.

E o Felipão que abra o olho, tem o plantel mais badalado do país, mas continua insistindo em jogadores que não estão entregando o necessário e vai vendo seu time perdendo classificações que teria obrigação de vencer. 


 

4oito

Deixe seu comentário