Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Balançando, mas ainda em pé.

O Criciúma precisa da vitória amanhã para ganhar um pouco de gás
João Nassif
Por João Nassif 27/08/2018 - 09:29

O rendimento do Criciúma sob o comando do Mazola Júnior despencou com os quatro últimos resultados, justamente nos quatro primeiros jogos do returno da série B.

Quando terminou o primeiro turno o rendimento do Criciúma com o técnico era perto dos 55% o que permitia ao Mazola justificar a então 14ª posição pelas cinco derrotas iniciais quando o técnico era o Argel.

Depois dos quatro primeiros jogos do returno contra os mesmos adversários que derrotaram o Criciúma lá no início, apenas dois empates não tiraram o time do 14º lugar, mas o rendimento do técnico despencou para 46%, percentual para meio de tabela.

Ainda assim é um rendimento que mostra o bom trabalho do treinador pelo material humano que tem em mãos. Não pode fazer melhor. Depois de escapar da zona do rebaixamento na 18ª rodada ao vencer o Vila Nova em casa com aquele gol do Liel que levou a torcida ao delírio, o Criciúma ainda venceu o Sampaio Correa lá no Maranhão e depois não conseguiu mais alguma vitória que poderia lhe dar fôlego e principalmente tranquilidade em relação à zona do rebaixamento.

Com os atuais 25 pontos, mesmo na 14ª posição o risco é eminente, pois é a mesma pontuação do Brasil e São Bento, dois que estão no rebaixamento.

Amanhã o Criciúma completa o ciclo dos cinco primeiros jogos no returno, replay do início do campeonato. Se lá atrás foram cinco derrotas agora são apenas dois empates em quatro partidas e a vitória contra o Guarani, quinto adversário no returno, é fundamental para subir na classificação e principalmente para que o Mazola Júnior possa melhorar seu rendimento e alcançar o meio da tabela, objetivo do clube no campeonato.

Em meio a tudo isso, chama atenção a omissão da direção do clube que faz tempo não se manifesta sobre a campanha e não dá a mínima satisfação aos torcedores preocupados cada vez mais com a possibilidade de um eventual rebaixamento. 
 

4oito

Deixe seu comentário