Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Ataques e contra-ataques

Classificações em risco
João Nassif
Por João Nassif 14/03/2019 - 07:06

O péssimo desempenho do Criciúma que deu margem no domingo para o ataque da torcida sobre o presidente Jaime Dal Farra, fez com que houvesse o contra-ataque, tipo volante brucutu, com o disparo do hino no mais alto tom para abafar o protesto. No dia seguinte novo ataque ao presidente com outdoors espalhados pela região pedindo mudanças na gestão do clube. O contra-ataque foi imediato, tipo camisa 10 qualificado, com as contratações do João Carlos Maringá e do Gilson Kleina.

TEMPO PERDIDO
O novo técnico deve chegar entre hoje e amanhã e certamente estará no comando já no domingo em Tubarão. O clube sonha com uma virada na classificação com os seis jogos que faltam para terminar o campeonato. A missão é duríssima, diria quase impossível, pois a distância é grande para o quarto colocado, mas a tendência é melhorar o rendimento mesmo que o time não alcance as semifinais. 

FUTURO PROMISSOR
Ainda que não consiga reverter no campeonato catarinense as perspectivas para a Copa do Brasil e a série B são muito boas. Claro que depois de investir forte na comissão o presidente terá que trazer reforços para formatar um time competitivo e com qualidade. As contratações ficarão aos cuidados do Maringá que mostrou capacidade quando dirigiu a Chapecoense, conhece futebol, sabe onde estão as necessidades e com o Kleina trabalharão livres do Ricardo Rocha que ontem foi dispensado.

CURIOSIDADE
Confesso que estou muito curioso em saber o porquê da contratação do Ricardo Rocha, ex-jogador de sucesso e hoje simples consultor pelo ótimo tráfego que tem na CBF. Gostaria de saber o que o Criciúma tinha de tão importante para contratar alguém que trabalha com desenvoltura nos bastidores da entidade. Certamente ninguém dirá qual o verdadeiro motivo desta extravagancia. Para liberar R$ 600 mil na CBF não havia necessidade do Ricardo Rocha. Não temos notícias da CBF deixar de pagar as cotas estipuladas para seus filiados. 

O CARA DO PLANETA BOLA
Ontem durante o dia todo a mídia esportiva do Brasil e exterior dedicou grande parte de seu espaço para falar e exaltar Cristiano Ronaldo, autor dos três gols da Juventus que desclassificaram o Atlético de Madrid na Champions. Nada mais justo, é o fenômeno do futebol há muito tempo e quase se fala em Champions League é a referencia por tantos e tantos recordes conquistados na maior competição de clubes do planeta.

VEXAMES OFUSCADOS
Com o CR-7 tomando conta do noticiário pouco se falou das derrotas do Grêmio e do Atlético-MG. O primeiro perdeu em casa para o paraguaio Libertad e o segundo para o Nacional em Montevidéu. Os dois ficaram com a classificação ameaçada mesmo faltando quatro rodadas para o encerramento da fase de grupos da Libertadores. O Grêmio tem um ponto depois de dois jogos e o Atlético nenhum, também com dois jogos realizados. 

14/03 – “MORRE KARL MARX”
Em 14 de março de 1883, morria Karl Marx, filósofo e economista alemão. Junto com Friedrich Engels, escreveu o Manifesto do Partido Comunista, em 1848, defendendo a luta de classes. Os estudos de economia política de Marx resultaram na obra O Capital, de 1867.

4oito

Deixe seu comentário