Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

As estrelas do amanhã - PARTE 2

João Nassif
Por João Nassif 03/07/2020 - 22:09

Thiago Ávila *

MP MOTORSPORT


A equipe holandesa é a tradicional equipe pequena da Formula 2, nunca conseguiu resultados expressivos, mas revela bons nomes para futuramente disputar o título da categoria.
14 NOBUHARU MATSUSHITA
O japonês de 26 anos é o piloto mais velho da categoria. Vem para o seu quinto ano na categoria, nunca chegou a disputar o título, mas é um piloto que costumeiramente vence alguma prova. Ou seja, um nome experiente que pode alavancar a pobre MP.
15 FELIPE DRUGOVICH
Mais uma dupla experiencia/promessa. O último brasileiro do grid, com 20 anos, Drugovich sofreu na sua estreia na F3 ano passado, conquistando apenas 8 pontos e ficando na 16ª colocação. Porém, em seu currículo ainda compõe títulos da Euroformula Open e outras categorias de base europeias. Pode ser um nome para ficar uns bons anos no grid.

HWA


A ‘Mercedes B’, que comprou a vaga da Arden para este ano, fará sua estreia na principal categoria de acesso da F1. A equipe é tradicional por ter bons resultados no DTM e na Formula-E.
16 ARTEM MARKELOV
Um dos melhores pilotos da história da Formula 2, todo ano que chega é favorito ao título. É o sétimo ano dele na categoria, agora com 25 anos. Se o carro corresponder, certamente é um dos favoritos ao título.
17 GIULIANO ALESI
Filho do ex-piloto de F1 Jean Alesi e membro da academia júnior da Ferrari, Alesi é um dos cinco nomes na disputa por uma vaga na Alfa Romeo ano que vem. Aos 20 anos, vem para o seu segundo ano na F2, o primeiro foi desastroso, apenas um 15º lugar, mas acredita-se que esse ano deverá ficar entre os dez primeiros.

PREMA


A poderosa equipe italiana, que revelou Charles Leclerc, Pierre Gasly e Antonio Giovinazzi, hoje pilotos da F1, chega como a favorita ao título deste ano. Primeiro por sua ligação direta com a Ferrari, segundo pelos nomes de peso em seus assentos.
20 MICK SCHUMACHER
Filho do heptacampeão Michael Schumacher, Mick é uma das grandes promessas do automobilismo no momento e já está no radar da Ferrari há bastante tempo. O primeiro ano dele na F2 não foi dos melhores, uma vitória e 12º lugar na classificação. Este ano terá que provar seu máximo se quiser ocupar uma das vagas da Alfa Romeo em 2021.
21 ROBERT SCHWARTZMAN
Vemos aqui a maior de todas as promessas, um futuro praticamente garantido na F1. Robert Schwartzman, russo de 20 anos, campeão de praticamente tudo o que disputa. Ano passado, foi com sobra o campeão da Formula 3 e este ano chega como o favorito ao título da Formula 2.

TRIDENT


A equipe italiana, a mais fraca do grid no momento irá passar por mais um ano de dificuldades, é o que se espera.
22 ROY NISSANY
O israelita de 25 anos é um dos piores pilotos da categoria desde que ela começou a se chamar F2 em 2017. Fez sua estreia em 2018, conquistou impressionante um ponto e... nada mais. 20 pilotos correm a temporada completa, Nissany terminou em 22º, isso porque perdeu até para os pilotos que substituíram ele nas quatro últimas corridas. Uma observação: a Williams o contratou para piloto de testes, vai entender...
23 MARINO SATO
O japonês de 21 anos estreou ano passado na F2, correu apenas seis corridas e não obteve nenhum resultado expressivo. Mas não podemos deixar de lembrar que ao mesmo tempo, foi campeão da Euroformula Open - uma espécie de F3 europeia - e com 9 vitórias em 16 corridas. Sem dúvidas é um nome que não podemos ignorar.

HITECH


A equipe britânica chega para fazer sua estreia na F2. Até esse ano, o time participava de algumas competições de F3, sendo na maioria das vezes uma equipe competitiva. Vamos ver se chegarão com o mesmo aporte para uma competição de nível superior.
24 NIKITA MAZEPIN
Filho do multibilionário russo Dmitry Mazepin, Nikita chega com um aporte financeiro interessante para ajudar a estreante Hitech. Olhando apenas para o seu desempenho, não impressiona tanto. Ano passado, como companheiro de equipe do atual campeão Nick de Vries, foi apenas o 18º. Mesmo assim, teve bons resultados quando corria na GP3, como o vice-campeonato em 2018. Pode ser um segundo ano seja mais produtivo que o primeiro.
25 LUCA GHIOTTO
Nada melhor para uma equipe estreante do que um velho conhecido da categoria. O italiano de 25 anos vem para o seu quinto ano na F2, dessa vez, mais que preparado para alcançar o tão sonhado título. Desde que entrou, Luca sempre esteve no top-10, ano passado ainda alcançou o terceiro lugar. Certamente, se tiver um carro competitivo, será um dos favoritos ao título.

* Jornalista

Tags: Fórmula 2

4oito

Deixe seu comentário