Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Arbitragem, a muleta!

Teoria da conspiração
João Nassif
Por João Nassif 10/11/2019 - 08:18Atualizado em 10/11/2019 - 08:28

Não lembro de já ter ouvido o árbitro dizer ao técnico que errou ao não validar o gol que poderia ser o de empate e que ficaria alguns dias sem dormir. Foi o que disse Wagner Reway ao técnico Roberto Cavalo, segundo palavras do próprio treinador quando na entrevista coletiva após o jogo de sábado em Recife.

Muito bem, se falou está registrado e deu amplo direito do Criciúma reclamar pelo ponto que poderia lhe dar maior esperança para escapar do rebaixamento. As polemicas da arbitragem FIFA também poderiam dar ao Sport direito de reclamar pelo gol anulado com a marcação de um impedimento inexistente.

Ilha do Retiro
Foto: 4oito.com.br (Jota Eder)

O pênalti marcado contra o Criciúma em minha opinião não existiu. No lance imediatamente anterior houve um toque no braço do zagueiro do Criciúma e o pênalti não foi marcado. Enfim, vários erros bem distribuídos entre os dois times.

Todos no Criciúma, jogadores, técnicos, dirigentes têm se agarrado numa teoria da conspiração que há uma orquestração para derrubar o time. Ouvi até um retrospecto de seis, sete jogos nos quais o time foi prejudicado.

Já afirmei diversas vezes que minha visão é outra, os erros acontecem em todos os jogos e o Criciúma não é o único prejudicado. Sábado mesmo, no fechamento da rodada o Oeste foi castigado em Pelotas com um pênalti mal marcado aos 52 minutos do segundo tempo.

Desde muito tempo, cinco anos, o Criciúma tem sido mal administrado em seu futebol e aí é que reside o problema. Já escapou do rebaixamento em temporadas anteriores, tanto no brasileiro como no catarinense, e agora quando não vence a nove jogos e está sentindo a realidade de um rebaixamento, tenta justificar nas arbitragens sua incompetência

4oito

Deixe seu comentário