Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Almanaque da Bola #004

Garrincha demoliu os russos em 1958
João Nassif
Por João Nassif 26/07/2018 - 14:36Atualizado em 26/07/2018 - 15:32

A partida mais celebre do ponteiro direito Garrincha foi sua estreia na Copa do Mundo de 1958 na Suécia. O Brasil corria riscos de eliminação pela União Soviética na partida final do grupo e o técnico Vicente Feola apostou em seu camisa 11.

Antes do jogo Feola ordenou a Didi que a primeira bola fosse ao Mané. Com 30 segundos de jogo o lateral soviético Kuznetzov já tinha sido driblado por Garrincha e ido ao chão.

A cena seguinte foi ainda mais humilhante. O russo recebeu ajuda de mais dois companheiros que também foram enganados pela ginga de Garrincha e virou comédia os russos tropeçando nas próprias pernas. 

Garrincha contra a URSS

O jornalista francês Gabriel Hanot, o homem que idealizou a Liga dos Campeões da Europa definiu o início daquele jogo na Suécia como os “três melhores minutos da história do futebol”.

Além das peripécias de Garrincha, neste curto intervalo do início do jogo, o mesmo Garrincha e Pelé já haviam acertado as traves russas e Vavá feito o primeiro gol num lançamento de Didi.

A seleção brasileira venceu por 2x0 com outro gol de Vavá e abriu caminho para se tornar campeão mundial pela primeira vez na história.

Garrincha e suas deliciosas e empolgantes histórias será muito lembrado neste espaço.

4oito

Deixe seu comentário