Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Almanaque da Bola #003

A magia do torto
João Nassif
Por João Nassif 25/07/2018 - 16:45

Um dos maiores jogadores de todos os tempos, sem dúvida foi o ponteiro direito Garrincha que com suas pernas tortas fez a alegria de tantos quantos tiveram o privilégio de vê-lo jogar.

E o Mané tem também muitas histórias contadas por amigos e por quem teve o prazer de jogar com ele no Botafogo e na seleção brasileira. Quando deixou o time carioca já estava em final de carreira e não mais produzia suas magicas pelo gramados do planeta.

Sua primeira grande vítima foi aquele que viria ser seu melhor amigo e parceiro de tantas glórias: Nilton Santos, a Enciclopédia.

Quando Garrincha chegou em General Severiano, sede do Botafogo, trazido por um dirigente, ninguém deu bola para um pretenso jogador de pernas tortas que jogava pelo lado direito do campo.

Garrincha e Nilton Santos amigos para sempre

Garrincha foi para o treino no time reserva e cruzou com Nilton Santos lateral esquerdo titular. Na primeira bola que chegou ao ponteiro, o primeiro drible no lateral que por pouco não foi ao chão. Na segunda vez a mesma situação e na terceira Nilton Santos desabou.

Acabado o treino Nilton Santos foi correndo até os dirigentes do Botafogo e implorou pela contratação do homem das pernas tortas.

Disse a Enciclopédia: “Contratem, pois não quero nunca mais este torto como adversário”.  
 

4oito

Deixe seu comentário