Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Acendem-se as Luzes para a temporada 2018 da F1

João Nassif
Por João Nassif 26/03/2018 - 15:00

Thiago Ávila *

Melbourne, desde 2007 o palco da estreia do maior campeonato de automobilismo de todos os tempos. Foi em Albert Park que em 2003 David Coulthard ganhou sua última corrida na carreira, Lewis Hamilton estreou com um pódio em 2007 e Vitaly Petrov conquistou o primeiro pódio para a Rússia em 2011.

Além disso tudo, é o início de um novo campeonato. Não importando se a corrida for boa ou ruim, sempre teremos surpresas, agradáveis ou não. Essa corrida marca a primeira temporada desde 1970 que não teremos um brasileiro na disputa, também marca o retorno de Fernando Alonso e a McLaren com motores Renault e da estreia da Toro Rosso com motores Honda.

Pelo que foi apresentado nos treinos de pré-temporada, a Mercedes teria mais um ano de dominação pela frente, com Ferrari e Red Bull brigando atrás. As grandes novidades seriam a McLaren e a Renault como as grandes forças do pelotão do meio e a Williams uma decepção. O que não falaram é que a equipe de Gene Haas seria tão competitiva quanto as grandes equipes.

Durante os treinos livres, os americanos já conseguiam mostrar ser a quarta força e confirmaram o sexto e sétimo lugares na classificação, que teve Hamilton mais uma vez na pole. Vettel, o vencedor da corrida do ano passado, ficou atrás até de Raikkonen e foi o terceiro.

Pódio em Melbourne

Na nossa madrugada de domingo, as luzes para o primeiro Grande Prêmio do ano se acenderam e apagaram depois de cinco toques. Sendo Raikkonen sua principal ameaça, Hamilton não teve problemas em largar na frente e segurar a posição. E olhem uma surpresa: Kevin Magnussen (isso mesmo que você leu) fez uma belíssima ultrapassagem em Max Verstappen logo na primeira curva. E não cedeu mais!

Depois de rodar na pista, Verstappen cai para oitavo e a dupla da Haas passa a ocupar a quarta e quinta posições, passando a ser a equipe com o terceiro melhor desempenho na corrida. Mas aí vieram as paradas, Hamilton, Raikkonen e as Haas foram primeiro e Vettel assumiu a ponta.

Mas, antes que o alemão parasse, os carros de Magnussen e Grosjean param logo depois da saída do pit lane e o Virtual Safety Car é acionado, prejudicando totalmente a corrida de Hamilton, que teoricamente vencia com folga. Vettel faz a parada e retorna na frente de Lewis, mantendo a liderança até o final.

A corrida foi boa até a hora das paradas, mas depois disso não houve grandes mudanças na classificação. Segunda vitória seguida do alemão em Melbourne e terceiro ano consecutivo que Hamilton vai ao pódio e tem que ficar olhando para alguém mais alto que ele à sua esquerda.

A disputa que começou na temporada passada promete ainda mais para esse ano. Vettel 1x0 Hamilton.

* Estudante de jornalismo da PUCRS

4oito

Deixe seu comentário