Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

A zebra e a polêmica

Almanaque da Bola #490
João Nassif
Por João Nassif 25/11/2019 - 09:59

A Inglaterra, país que é considerado o berço do futebol foi sediar uma Copa do Mundo somente em 1966, portanto 36 anos após a primeira ter sido disputada.

Em 1930 quando Jules Rimet conseguiu que apenas quatro seleções europeias fossem ao Uruguai para o primeiro Mundial, os ingleses que não acreditavam no sucesso do torneio se negaram a participar. 

Gol dos Estados Unidos contra a Inglaterra em 1950

Somente após a Segunda Guerra Mundial é que os países do Reino Unido decidiram disputar as eliminatórias para a Copa de 1950 e os quatro, Inglaterra, Escócia, Irlanda do Norte e País de Gales jogaram entre si com a classificação da Inglaterra e Escócia.

Com a desistência da Escócia somente a Inglaterra veio ao Brasil como representante do Reino Unido e protagonizou a primeira grande zebra dos Mundiais ao ser derrotada pelos Estados Unidos por 1x0 no Estádio Independência em Belo Horizonte. Os ingleses foram eliminados na primeira fase. 

Como anfitriã em 1966 a Inglaterra conquistou o título vencendo a Alemanha Ocidental no jogo final. A partida foi cercada de uma polêmica que dura até hoje.

A partida foi realizada no Estádio de Wembley com a presença de cerca de 100 mil pessoas pela primeira vez a Copa do Mundo foi decidida na prorrogação.

No tempo regulamentar o jogo terminou empatado em 2x2 com a Alemanha Ocidental marcando o gol de empate no minuto final. Aos 11 minutos do primeiro tempo da prorrogação o atacante inglês Hurst chutou a bola que bateu no travessão, caiu sobre a linha e o árbitro suíço Gottfried Dienst confirmou o gol.

Imagens de arquivo observadas digitalmente confirmam que a bola não cruzou a linha do gol, portanto um erro da arbitragem definiu a Copa do Mundo de 1966, mesmo que no minuto final a Inglaterra marcasse o quarto gol.
 

4oito

Deixe seu comentário