Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

A vitória anima, mas não salva

Londrina o pior da série B
João Nassif
Por João Nassif 13/11/2019 - 07:20

É natural a empolgação pela vitória que finalmente chegou depois de nove jogos e mais uma vez dentro do Heriberto Hülse. Foi somente a segunda em todo segundo turno e felizmente o adversário era o Londrina, seguramente o time mais fraco que o Criciúma enfrentou nesta série B. Nem o lanterna São Bento é pior

Todos no próprio time paranaense sabem que a queda é inevitável. Sem alma, com erros típicos de quem não vê perspectivas como indolência nas divididas, passes mal feitos, saídas de bola equivocadas, enfim o Londrina se mostrou resignado e já ligado no modo fim de feira.

Foto: 4oito.com.br

Pela fragilidade do adversário quero afirmar que ninguém no Criciúma pode se iludir pensando que a fuga do rebaixamento fica mais tranquila. As dificuldades ainda são enormes, pois não depende única e exclusivamente de suas próprias forças.

O técnico Roberto Cavalo que tem a assessoria do Wilsão mostrou confiança no futuro, ficou feliz com a vitória, mas sabe que o caminho ainda é pleno de obstáculos. Faltam três jogos para o final e uma pedreira monumental que será o próximo contra o melhor time do campeonato.

Caso perca para o Bragantino o Criciúma terá obrigação de vencer os outros dois, contra o Paraná em casa e Oeste fora, para ainda assim depender dos resultados de outros jogos para escapar.

Como tem que ser administrado jogo a jogo uma vitória em Bragança se torna fundamental. 
 

4oito

Deixe seu comentário