Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

A sucessão do Comerciário EC

Almanaque da Bola #789
João Nassif
Por João Nassif 19/09/2020 - 10:50

O dia 02 de abril de 1978 é uma data histórica, pois pela primeira vez entrou em campo o Criciúma EC, sucessor do Comerciário EC.

O Comerciário havia retornado ao futebol profissional em 1976 disputando uma série de partidas amistosas e participado no ano seguinte do campeonato catarinense ficando na terceira colocação. O título foi decidido num único jogo em Chapecó com vitória da Chapecoense sobre o Avaí por 1x0.

No início de 1978 o Comerciário disputou uma série de 11 amistosos até virar Criciúma EC e começar no dia 02 de abril sua trajetória numa partida amistosa contra o Marcílio Dias que terminou empatada em 0x0 no Heriberto Hülse. 

Desde seu retorno ao futebol o Comerciário disputou 84 jogos entre amistosos e oficiais pelo campeonato estadual. No dia 18 de dezembro de 1976 o Comerciário recebeu o Vasco da Gama para um jogo amistoso que terminou empatado em 1x1.

Em 1978 na sua primeira temporada, o Criciúma EC disputou 64 jogos com 25 vitórias, 21 empates e 18 derrotas. Marcou um total de 80 gols e sofreu 56.

O zagueiro Veneza foi quem mais atuou entrando em campo 63 vezes. Laerte o atacante foi o segundo que mais vestiu a camisa do Criciúma, jogou 52 partidas.

O maior artilheiro do time em 1978 foi Ademir Patrício que marcou 19 gols. Laerte foi o segundo melhor artilheiro com 18 gols marcados.
 

4oito

Deixe seu comentário