Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

A moeda não caiu em pé, mas deu São Paulo

Almanaque da Bola #074
João Nassif
Por João Nassif 04/10/2018 - 18:51

De 1930 até 1942, Palmeiras e Corinthians dominavam o futebol paulista. Dos 133 campeonatos estaduais disputados o Palestra Itália/Palmeiras ganhou seis e o Corinthians cinco.

Dizia-se naquela época que para dar outro campeão só se a moeda caísse em pé. Claro que a moeda não caiu em pé, mas o tabu foi quebrado em outubro de 1943 quando o São Paulo conquistou o primeiro título de sua história.

São Paulo FC campeão paulista de 1943
Em pé da esq. p/ dir. Zarzur, Piolim, King, Virgílio, Zezé Procópio, Noronha
Agachados: Luizinho, Sastre, Leônidas da Silva, Remo e Pardal

O São Paulo já havia conquistado o campeonato de 1931, mas este título foi incorporado mais tarde, pois sua fundação oficial foi em 1935.

Como resposta aos dirigentes alviverdes e alvinegros a torcida são-paulina desfilou com carro alegórico exibindo uma moeda em pé.

O título só veio na última rodada, num campeonato disputado por pontos corridos. O São Paulo chegou com 32 pontos contra 30 de Palmeiras e Corinthians que tinham chances de ganhar o título. Naquela época vitória valia somente dois pontos e o São Paulo jogaria contra o Palmeiras por um simples empate.

E foi o que aconteceu. O empate em 0x0 no Estádio do Pacaembu deu o título ao tricolor comandado por Leônidas da Silva.

O time foi chamado de “rolo compressor”, pois não tomava conhecimento de quem viria pela frente.

Num campeonato com 11 clubes a campanha do campeão foi de 20 jogos com 15 vitórias, três empates e somente duas derrotas.
 

4oito

Deixe seu comentário