Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

A campanha campeã

Almanaque da Bola #512
João Nassif
Por João Nassif 17/12/2019 - 10:13

O resumo da participação do Criciúma na série C de 2006, a primeira disputada pelo clube aponta um total de 32 jogos, divididos nas quatro etapas do campeonato.

Na primeira fase do Criciúma disputou seis jogos contra o Brasil de Pelotas, Novo Hamburgo e Marcílio Dias. Venceu quatro jogos, perdeu um e empatou outro. Terminou a fase em segundo lugar no grupo com 13 pontos atrás do Brasil que somou 15.

Na segunda fase o Criciúma também terminou na segunda colocação do seu grupo com 10 pontos empatado com o Noroeste que ficou em primeiro pelo saldo de gols. Os eliminados nesta fase foram o Joinville e a Cabofriense.

Na terceira e penúltima fase novamente o Criciúma terminou em segundo em seu grupo com 10 pontos, o Grêmio Barueri foi o primeiro com 12. Foram eliminados o América Mineiro e o J.Malucelli.

Zé Carlos goleiro artilheiro campeão brasileiro em 2006

Finalmente o octogonal final quando o Criciúma enfrentou o Ipatinga, o Vitória, o Bahia, o Ferroviário do Ceará, o Treze da Paraíba, o Grêmio Barueri e o Brasil de Pelotas.

Chegou ao final com 31 pontos conquistados em nove vitória, quatro empates e apenas uma derrota, para o Ipatinga no Heriberto Hülse. 

A campanha no geral aponta que o Criciúma disputou 32 jogos em toda série C de 2006 com 19 vitórias, sete empates e seis derrotas, portanto um aproveitamento de 67% dos pontos disputados. Marcou 64 gols e sofreu 33.

O artilheiro do Criciúma no campeonato foi o atacante Beto Cachoeira que marcou 12 gols. Dejair foi o segundo com oito gols, seguindo de Marcelo Rosa e Douglas que marcaram sete gols cada um.

Entre os artilheiros destaque para o goleiro Zé Carlos que marcou de falta um gol na goleada por 6x0 sobre o Vitória da Bahia na penúltima rodada.   

Com o título de campeão o Criciúma retornou à série B no ano seguinte ao seu rebaixamento. Subiram com o Criciúma o Vitória, o Ipatinga e o Grêmio Barueri.
 

4oito

Deixe seu comentário